Tosse Ferina

Por

A Tosse Ferina é uma infecção causada por uma bactéria chamada Bordetella pertussis. Essa doença é caracterizada por febre e tosse seca.

O nome Tosse Ferina não é tão conhecido da população, mas, certamente, muitas pessoas conhecem a Coqueluche, que é exatamente o nome popular dessa mesma doença. Hoje em dia, a tosse ferina, ou coqueluche, é pouco frequente no mundo, graças às vacinas específicas contra a doença.

A Coqueluche, ou Tosse Ferina, é uma doença respiratória infecciosa das vias aéreas. O problema é altamente contagioso, e evolui entre 4 a 6 semanas. Essa doença é típica do inverno e pode atacar as crianças já nas primeiras semanas de vida.

O contágio é por contato direto, ou seja, se dá através da saliva, da tosse ou dos espirros. A doença tem três fases:

Fase catarral - que dura de uma a duas semanas e apresenta tosse, febre baixa e falta de apetite.

Fase paroxística – que dura entre 4 e 6 semanas e apresenta tosses repetidas, chiados no peito, vômitos e irritação da faringe.

Fase de convalescência – que dura de 2 a 3 semanas e apresenta tosse persistente.

A doença também pode ser contraída por meio do compartilhamento de lençóis, copos e outros objetos pessoais. O tratamento é feito com repouso, hidratação e medicação broncodilatadora e antibióticos.

A melhor forma de prevenir a doença é por meio da vacinação, com doses da vacina tríplice (DPT), que protege contra a difteria, a coqueluche e o tétano.

Leia também! Assuntos relevantes