Timo

Por

O timo é uma pequena glândula do corpo humano, que tem localização na região do tórax, exatamente atrás do osso esterno. Essa glândula atua no sistema imunológico e desempenha o papel de promover a maturação da célula de defesa linfócito T. O correto funcionamento do timo é fundamental para a efetividade da resposta imunológica do organismo.

Em termos de localização no corpo, também é possível dizer que o timo está próximo à traqueia, veia jugular interna e artéria carótida, ficando lateralmente com os pulmões. As principais características dessa glândula são: cor avermelhada (no feto humano), branco acinzentada (nos primeiros anos de vida) ou amarelada (durante a vida), formato piramidal e dois lobos fundidos.

Essa glândula cresce até a adolescência, por volta dos 15 anos de idade, alcançando um peso máximo de 20 a 50 gramas. Depois dessa etapa, a glândula começa a atrofiar progressivamente até a vida idosa, mas continua desempenhando sua função de proteção do organismo, produzindo mais anticorpos.

Ao fortalecer a imunidade, o timo ajuda o organismo a se proteger contra microrganismos e toxinas capazes de provocar doenças. Os linfócitos T partem do Timo por meio da corrente sanguínea e seguem para os tecidos linfoides.

A principal função do timo é garantir que os linfócitos T não reajam contra proteínas ou antígenos que estão naturalmente presentes nos tecidos do corpo humano. Dessa forma, o timo trabalha para realizar uma seleção do linfócito T que será liberado.

De uma maneira geral, o timo atua no pré-processamento dos linfócitos T desde antes do nascimento do ser humano. O termo timo vem do grego Thymus, que significa energia vital.

O ritmo de crescimento tímico é variável. Essa glândula linfoide primária passa por mudanças ao longo da vida, até ser substituída por tecido adiposo nos idosos, o que resulta em uma menor produção de linfócitos T.

Leia também! Assuntos relevantes