Teóricos do Absolutismo no Brasil e Mundo

Teóricos do Absolutismo no Brasil e Mundo

Por

O Absolutismo foi um momento histórico marcado pelas monarquias e pelo pode absoluto dos reis. Esse período contou com grande centralização de poder político e aconteceu por volta dos séculos XVI e XVII.

As práticas absolutistas surgiram após a derrubada do sistema feudalista. A estrutura política e econômica dos países absolutistas estava centralizada na figura do rei, detentor do total controle sobre a nação.

Nesse período, diversos teóricos surgiram com teses que defendiam uma sociedade disciplinada e controlada por um governante soberano, um líder único e com plenos poderes. O objetivo desses teóricos era consolidar e legitimar o absolutismo na Europa e no Mundo.

Os principais teóricos do absolutismo com destaque no Brasil e no Mundo foram:

1 – Maquiavel – Autor do livro “O Príncipe”. Defendia o absolutismo na Europa. O italiano acreditava que “os fins justificavam os meios” e que um governo forte tinha que separar a moral da política.

2 – Thomas Hobbes - Autor da obra “Leviatã”. Também era defensor do poder centralizado e foi um grande radical. O inglês acreditava que a sociedade precisava de um poder soberano que fosse capaz de conter o egoísmo e o ímpeto do homem.

3 - Jacques Bossuet – Autor do livro “Política retirada da Sagrada Escritura”. O teórico trabalhava com vertentes de política e religião. Ele acreditava que os reis eram escolhidos por Deus e, por isso, deveriam exercer total controle sobre a sociedade.

Leia também! Assuntos relevantes