Teorema da Energia Cinética

Teorema da Energia Cinética

Por

O trabalho realizado pela resultante de todas as forças aplicadas a uma partícula durante certo intervalo de tempo é igual à variação de sua energia cinética, nesse intervalo de tempo.

Veja a imagem ao lado

Exercício para aplicação da mesma.

(UNICAMP) - Sob ação de uma força resultante constante F um corpo de massa m = 4,0 Kg adquire, a partir do repouso, uma velocidade escalar de 10 m/s.
Qual o trabalho realizado por F ?

Repare que você só tem massa e velocidade. É ai que entra o Teorema da Energia Cinética. Mas não se esqueça que o corpo acima parte do repouso, portanto V0 = 0. m. v² / 2 = Trabalho.

Resposta = 200 J

Obs: Se no exercicio acima tivesse atrito, o trabalho seria calculado assim:

Trabalho (Força resultante) + Trabalho (Força de Atrito) = m . v² / 2

Cada força extra que você tiver, a soma do trabalho de todas elas é igual a variação da energia cinética.


Fonte do texto:
http://www.revisaovirtual.com/site/Artigos_210_Teorema_da_Energia_Cinetica.htm

Leia também! Assuntos relevantes