Tegumento comum

Tegumento comum

Por

Chamamos de tegumento a camada protetora que reveste externamente o corpo dos seres vivos. Esse revestimento pode se apresentar de diversas formas: pele e pelos, no caso dos mamíferos, ou penas e escamas, no caso das aves e dos peixes.

A principal função do tegumento é proteger o organismo dos agentes externos presentes no meio ambiente, como os raios ultravioletas do sol, frio excessivo, desidratação e choques mecânicos. Por conter terminações nervosas, esse órgão também atua no campo sensorial.

No corpo humano, o tegumento comum é a pele, composta por derme e epiderme. O tecido epitelial é o que forma a epiderme, que consiste na camada superficial da pele. Esse tecido é achatado e não possui vasos sanguíneos, por isso é chamado de tecido pluriestratificado pavimentoso avascular. É na epiderme que se localizam as células responsáveis pela produção de melanina, o pigmento que dá cor à pele. Por estar em constante divisão mitótica, esse tecido é continuamente renovado.

A derme localiza-se abaixo da epiderme, é formada pelo tecido conjuntivo, apresenta terminações nervosas, vasos linfáticos, vasos sanguíneos e porções basais de glândulas. Sua função é sustentar a epiderme, conferindo à pele resistência e elasticidade.

As aves e os mamíferos apresentam uma terceira estrutura, a hipoderme, localizada abaixo da derme. É constituída por tecido conjuntivo e tecido adiposo, que além de ser uma reserva nutritiva, desempenha o papel de regulador da temperatura corporal.

Além de proteger o organismo, a pele é responsável pela recepção de estímulos externos, o que chamamos de sensibilidade. Sensação térmica, dor e prazer são sentidos graças à ação desse tegumento.

Leia também! Assuntos relevantes