Spas - Hotel-fazenda - Hotel Residência

Spas - Hotel-fazenda - Hotel Residência

Spas
As sociedades contemporâneas acreditam ter descoberto os benefícios da água, mas a História diz outra coisa. Há mais de dois mil anos era já considerado um importante elemento lúdico, social e de saúde nos remotos, "SPA". O conceito SPA tem a sua origem no uso de águas termais, no entanto com o passar do tempo estendeu-se para além destas. SPA - "saúde através da água" foi utilizado pelos antigos romanos e aplicado a banhos em fontes termais. A prática evoluiu e teve muitos adeptos nos séculos XVI e XVIII, altura em que a visita a um SPA se converteu numa prática própria dos reis e nobreza. No século XVIII os colonos conheceram a qualidade das águas termais no Estado da Califórnia. A partir do ano de 1790 oferecia-se aí alojamento e tratamentos aos viajantes. Este pode ter sido o primeiro SPA comercial da América. Com o passar dos anos surge à procura do bem-estar: o wellness, rotulado nos anos 70 do século XX, deu lugar ao atual estilo de vida. O SPA está relacionado com os conceitos de beleza, relaxação, nutrição e toda uma gama de novas tendências relativas à qualidade de vida, respeitando sempre o elemento principal que é a água e partindo para uma quantidade de tratamentos em redor. Seja qual for a sua origem, a tradição do SPA remonta há mais de dois mil anos, permanecendo até aos nossos dias. Quando os SPA da nova sociedade urbana tomam a antiga tradição da água, estes oferecem o relaxamento e bem-estar necessários aos nossos dias. O hotel de saúde combina as características do hotel padrão, com instalações, serviços e equipamentos hospitalares, com atendimento médico e de enfermagem em período integral. Destina-se a pacientes em convalescença e recuperação, sob observação e/ou em intenso processo terapêutico, dispondo, também, de equipamentos destinados a tratamento específicos de obesidade, desintoxicação e outros.




Hotel-fazenda
Um Hotel-fazenda é um estabelecimento comercial de hospedagem localizado sempre na zona rural e destinado ao lazer, recreação, eventos, etc. Os hotéis-fazenda podem ser situados em propriedades rurais, adaptados de antigas estruturas originais de sedes de fazendas, nas quais foram conservados aspectos históricos de ciclos, econômicos e de culturas agrícolas. Nesses casos o turista desfruta de instalações modernizadas, do cenário típico da época e de atividades programadas para um hotel, com todos os equipamentos e serviços. Voltado também à prática de atividades recreacionais campestres e contato com a natureza. Também podem ser totalmente novos, construídos mais para descanso e lazer, com infra-estrutura instalada para a prática de vários esportes (piscina, quadra de tênis, campo de futebol, etc.), arborismo, cavalariças e outros elementos típicos da vida no campo. É bastante comum a utilização desta nomenclatura em hotéis com estrutura de lazer (outra categoria). No entanto, é possível verificar na bibliografia [1] sobre o tema, que o termo "Turismo Rural" aplica-se na presença de atividades rurais como atrativos do meio de hospedagem, uma vez que o tema evoca uma vivência em atividades típicas deste e que se subentende que o turista as associa ao termo.




Hotel Residência
Os hotéis residências, também conhecidos como apart-hoteis e flats, têm como cliente alvo as pessoas que precisam permanecer em determinado local um tempo relativamente longo, embora insuficiente para estabelecer domicílio, necessitam de acomodações com dimensões e outras condições que os hotéis normalmente não conseguem proporcionar a preços que possam pagar; Outros clientes em potencial são moradores permanentes da cidade (casais de idosos ou sem filhos, por exemplo), que podem pagar acomodações, serviços e preferem ficar liberados de responsabilidades e rotinas domésticas. Ele oferece todos os serviços de uma residência (limpeza, arrumação, lavanderia...), atendendo a hóspede em médios e longos períodos. Cobram aluguel em geral por semana completa. Serviços de alimentação parcial, apartamentos com cozinha e serviços de recepção. Típicos dos grandes centros. Tem apartamentos com área total pouco maior do que as dos apartamentos standart dos hotéis e têm características que os aproximam dos apartamentos residenciais comuns. Em vez do vestíbulo de entrada com armário, quarto de dormir e banheiro, os apartamentos dos hotéis residenciais costumam apresentar pequena sala de estar com kitchenette, hall de distribuição, banheiro e um ou mais quartos. As características que distingue os hotéis residências vêm se alterando nos últimos anos, e alguns dos novos empreendimentos do gênero vem adquirindo graus de sofisticação e complexidade que os tornam cada vez mais semelhantes aos demais hotéis. Seus apartamentos resumem-se aos conjuntos vestíbulo-quarto-banheiro, em nada diferenciado dos apartamentos de hotéis. Os hotéis residências só veio para o Brasil nos últimos anos da década de 1970. Eles eram construídos para utilização mista, pois a legislação brasileira não permitia aos condomínios a prática de atividade comercial, os proprietários de unidades habitacionais que quisessem explorar a atividade de locação hoteleira juntavam-se em uma nova empresa, em geral uma sociedade em conta de participação para a exploração comercial, rateando os resultados da operação em si. A partir da década de 1980 grandes empresas construtoras identificaram no lançamento de prédios com características de apart-hotel um grande potencial de vendas. Diversos empreendimentos foram lançados nas principais cidades do Brasil, sempre com grane sucesso na venda das unidades habitacionais.


Introdução
Com o extraordinário desenvolvimento do turismo e sua diversificação ocorrida nas últimas décadas, paralelamente ao encurtamento das distâncias e ao barateamento das viagens proporcionados pela evolução dos transportes, vem criando a necessidade de novos tipos de hotéis dirigidos aos nichos de mercado que vão sendo criados ou aos preexistentes. Com isso novas cadeias hoteleiras têm surgido, e as cadeias mais antigas passaram a oferecer novos produtos, visando ampliar, ou pelo menos, manter sua participação no mercado. No turismo existem muitos tipos diferentes de hotéis e pousadas, e cada uma atende a um tipo específico de viajante. Aqui iremos abranger de forma resumida alguns deles como o Hotel fazenda que podem ser situados em propriedades rurais, adaptados de antigas estruturas originais de sedes de fazendas, nas quais foram conservados aspectos históricos de ciclos, econômicos e de culturas agrícolas. Nesses casos o turista desfruta de instalações modernizadas, do cenário típico da época e de atividades programadas para um hotel, com todos os equipamentos e serviços. Voltado também à prática de atividades recreacionais campestres e contato com a natureza. O Hotel de Saúde, como os SPAs, o termo é associado ao tratamento de água que também é conhecida como a balneoterapia. Tipicamente oferecem tratamentos de saúde para diversos tipos de tratamento. A crença nos poderes curativos das águas minerais remonta aos tempos pré-históricos. Tais práticas têm sido muito populares em todo o mundo, mas são especialmente comuns na Europa e no Japão. E o Hotel Residência (apart-hoteis, também chamados flats services ou simplesmente flats), eles começaram a surgir no Brasil nos últimos anos da década de 1970. Eram construídos para a utilização mista, isto é, poderiam se ocupados tanto por moradores permanentes, que se utilizavam dos serviços de hotelaria ali oferecidos, quanto destinados ao aluguel temporário, como em um hotel. O flat, diferente de um hotel. Proporciona maior comodidade ao usuário, contribui com o convívio social entre hóspedes, não tem formalidade característica de um hotel e possui tarifas de diárias menores.


Bibliografia
http://www.infoescola.com/saude/spa/
http://hotelfazenda.spaceblog.com.br/r21429/hotelfazenda
http://www.hotelinsite.com.br/brasil_tipos.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hotel-fazenda
http://pt.wikipedia.org/wiki/Spa


Texto enviado via e-mail - Daiana - 09/04/2011 às 18:45.

Leia também! Assuntos relevantes