Síndrome de Burnout

Síndrome de Burnout

Por

A síndrome de burnout, também chamada de síndrome do esgotamento profissional, é uma doença psicológica que aparece por causa do estresse ligado às condições de trabalho. O distúrbio foi descrito em 1974, pelo médico norte-americano Freudenberger.

A palavra “Burnout” vem da língua inglesa e pode ser traduzido como “consumido pelo fogo”. O termo é utilizado para indicar uma exaustão emocional e um consumo total da energia humana.

A Síndrome de Burnout está relacionada a uma situação de estresse crônico. A doença é caracterizada pela falta de energia, sensação de sobrecarga emocional e esgotamento físico e mental.

O problema pode aparecer quando uma pessoa é constantemente exposta a condições de trabalho desgastantes para o corpo e para a mente. A doença é comum em pessoas que desenvolvem profissões com intenso envolvimento interpessoal, como professores, médicos, enfermeiros, agentes penitenciários, bombeiros e policiais.

Quem sofre da síndrome de burnout tem uma sensação de esgotamento físico e emocional que acaba gerando atitudes negativas, como agressividade, isolamento, irritabilidade, mudanças bruscas de humor, problemas de concentração, ansiedade, lapsos de memória e até depressão.

Os problemas físicos podem relacionar dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta e insônia. O diagnóstico da doença deve ser feito por um médico. O tratamento é feito com antidepressivos e psicoterapia.

Leia também! Assuntos relevantes