Samuel Morse

Por

Samuel Finley Breese Morse nasceu em Charlestown, nos Estados Unidos, em 27 de abril de 1791. Ele foi um físico e inventor norte-americano, e se tornou mundialmente conhecido pela invenção do código Morse e do telégrafo com fios.

Morse estudou na Academia Phillips e na Universidade de Yale. Ele se dedicou muito à física e à química, mas também atuou como pintor. A eletricidade foi uma grande paixão da vida do cientista. Ele também teve uma passagem por Londres, onde estudou artes na Royal Academy, em 1811.

Em 1815, já de volta aos Estados Unidos, Morse montou um estúdio de arte em Boston, Massachusetts. Em 1823, ele se mudou para Nova York, onde ensinou pintura e escultura na Universidade de New York. Anos mais tarde, já viúvo, ele se mudou com os filhos e uma cunhada para a Europa, estabelecendo-se em Paris.

Em 1826, Samuel Morse fundou a Academia Nacional de Desenho. A criação do telégrafo elétrico com fios aconteceu por volta de 1830. Em 1835, ele inventou o primeiro aparelho chamado de "Recording Electric Telegraph", que transmitia sinais a um quilômetro de distância.

Em 1839, Morse conclui o trabalho de elaboração do código Morse, um sistema que utiliza uma combinação de pontos, traços e pausas para transmitir informações por impulsos telegráficos. Samuel Morse ajudou a fundar a primeira linha telegráfica dos Estados Unidos, que ligava Baltimore a Washington.

Samuel Morse ficou muito rico com suas invenções. Ele morreu em 2 de abril de 1872, em Nova York. Seus restos mortais estão sepultados no Green-Wood Cemetery, no Brooklyn.

Leia também! Assuntos relevantes