Revolução Industrial

A Revolução Industrial aconteceu entre 1760 e 1820. Foi um período de transição entre os processos antigos de produção e a modernidade da manufatura. Esse processo consistiu no abandono das práticas artesanais para a implantação das máquinas.


Como aconteceu a Revolução Industrial?

A Revolução Industrial foi marcada pela criação e fabricação de novos produtos, novos processos para a produção e o uso do ferro, mais eficiência no uso da água e da energia a vapor e um grande desenvolvimento de máquinas e ferramentas. Neste período, o carvão também surgiu como um forte combustível, o que, mais tarde, resultou em um intenso processo de aquecimento global do planeta.

A revolução começou na Inglaterra e, aos poucos, chegou aos Estados Unidos e nações da Europa Ocidental. Este processo mudou completamente a vida das pessoas, a economia e os meios de produção. Houve um crescimento da renda média e uma grande oferta de trabalho.

Os primórdios da Revolução Industrial se deram na Grã-Bretanha, na década de 1780, mas esta mudança começou a ser sentida e percebida pela sociedade com mais vigor na década de 1830. Segundo os estudiosos e historiadores, essa mudança social e econômica foi gradual.

O resultado de tudo isso foi o desenvolvimento de uma economia capitalista moderna, que, a médio e longo prazo, deu origem a profundas diferenças sociais e de renda. Para os especialistas, a Revolução Industrial é considerada o evento mais importante da recente história da humanidade.

Homens linha de produção


Características da Revolução Industrial

Como já mencionado, a Revolução industrial foi marcada por mudanças gradativas no estilo de vida e padrão de renda da população, e isso aconteceu entre os séculos XVIII e XIX, com o massivo uso das máquinas, a criação do perfil de trabalhador assalariado e um grande êxodo rural. A Inglaterra foi a responsável pelo início deste processo revolucionário.


Mulheres operárias

Conheça as etapas da Revolução Industrial

Por ter sido um processo gradual, a Revolução Industrial teve diferentes fases. Confira as principais etapas:

Primeira fase da Revolução Industrial – Aconteceu entre 1760 e 1860, na Inglaterra. Foi marcada pelas primeiras indústrias de tecidos de algodão e pela criação do tear mecânico.

Segunda fase da Revolução Industrial – Aconteceu entre os anos de 1860 e 1900, em nações como Alemanha, França, Rússia, Inglaterra e Itália. O processo de industrialização se propagou. Surgiram o aço como importante matéria-prima, o uso da energia elétrica e dos combustíveis à base de petróleo, os motores de explosão, os produtos químicos e a locomotiva a vapor.

Terceira fase da Revolução Industrial – Engloba os avanços tecnológicos do século XX e XXI. Neste período também houve grandes e importantes mudanças, como a criação do computador, o desenvolvimento da engenharia genética e diversas inovações na indústria.


Conclusão

De forma resumida, o processo da Revolução Industrial foi aquele marcado pela substituição da força de trabalho do homem por máquinas. Foi uma fase de extrema importância para a história mundial, pois deu origem ao sistema fabril, à produção em larga escala e as relações de trabalho assalariado.

Essa revolução foi possível graças à intensificação do comércio internacional, à visão da burguesia europeia e ao aperfeiçoamento das técnicas de produção na indústria, visando mais produtividade e, consequentemente, mais lucros.

Leia também! Assuntos relevantes