Reprodução Sexuada ou Gâmica

Reprodução Sexuada ou Gâmica

A reprodução sexuada, também chamada de reprodução gâmica, é aquela que envolve a presença de dois gametas. Neste processo de reprodução, a fusão de dois organismos dá origem a um novo organismo.

Neste tipo de reprodução ocorre a troca de material genético. Os gametas se unem para dar início à fecundação. Com isso, forma-se o zigoto, princípio do novo indivíduo.

A reprodução sexuada é complexa e garante variabilidade genética. Este processo envolve o gameta masculino (espermatozoide) e o gameta feminino (óvulo). As divisões mitóticas dessa reprodução dão origem a um novo ser.

Os gametas essenciais para a reprodução sexuada são produzidos nos testículos e ovários. Os seres humanos e uma grande variedade de outros animais apresentam reprodução sexuada.


Animais isogâmicos, heterogâmicos, monoicos e dioicos

Isogâmicos – Animais com gametas femininos e masculinos idênticos.

Heterogâmicos – Animais com diferenciação morfológica entre os gametas.

Monoicos – Animais unissexuados ou hermafroditas, que apresentam perfil feminino e masculino no mesmo indivíduo.

Dioicos – Animais com perfil feminino e masculino (bissexuados).


Tipos de Fecundação

Fecundação interna – Acontece dentro do organismo.

Fecundação externa – Acontece no ambiente externo, como na água, por exemplo.

Autofecundação – Acontece quando o ser tem a capacidade de fecundar a si próprio.

Leia também! Assuntos relevantes