Realismo no Brasil

Realismo no Brasil

Por

O Realismo chegou ao Brasil em 1881. Essa escola literária nasceu com o objetivo de combater os românticos.

O realismo apresenta como características o objetivismo, o universalismo e o materialismo. O movimento buscava fortalecer tudo o que fosse contemporâneo, antimonárquico e contra a burguesia.

No realismo destacavam-se o Romance Realista e o Romance Naturalista. Ambos apresentavam uma narrativa que buscava a análise critica da sociedade e tinham caráter documental.

As obras pioneiras do realismo brasileiro foram: O mulato, de Aluísio de Azevedo; e Memórias póstumas de Brás Cuba, de Machado de Assis.

Vamos saber mais sobre os autores realistas:

Machado de Assis – Foi um romancista realista de grande destaque no Brasil. Escreveu Ressurreição, A mão e a luva, Helena, Iaiá Garcia, Memórias póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba e Dom Casmurro.

Aluísio de Azevedo – Foi um dos autores mais vendidos do realismo brasileiro. Escreveu grandes romances naturalistas, como O mulato, Casa de pensão e O cortiço.

Raul Pompéia - Escreveu Uma Tragédia no Amazonas, O Ateneu, As Joias da Coroa e Agonia.

O realismo começou a entrar em declínio no Brasil a partir de 1890, com o surgimento do Parnasianismo.

Leia também! Assuntos relevantes