Quantos Brasileiros Somos em 2016?

Quantos Brasileiros Somos em 2016?

Por

No último dia 30 de Agosto de 2016, o IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou no Diário Oficial da União a estimativa em torno da população brasileira. Segundo esta publicação, atualmente, ao final de agosto de 2016, a população brasileira era de 206.081.432 habitantes, cerca de 2 milhões a mais do que no ano anterior.

Essa população está espalhada no território brasileiro, sendo que o Estado de São Paulo é o mais populoso de todos, com 44.749.699 habitantes, seguido de Minas gerais, com 20.997.569 e Rio de Janeiro, com 16.635.996. O estado com a menor população é Roraima, com apenas 514.229 habitantes.

A cidade mais populosa do Brasil é São Paulo, com 12 milhões de habitantes, enquanto o Rio de Janeiro, segundo colocado, conta com 6,5 milhões de habitantes, seguidos de Salvador e Brasília que têm aproximadamente 2,9 milhões de habitantes cada um. Dezessete municípios do Brasil contam com população superior a 1 milhão de habitantes, e somam 21,9% de toda a população brasileira, ainda segundo dados do IBGE. O município brasileiro com a menor população é Serra da Saudade, em MG, com apenas 815 habitantes, em segundo lugar está Borá, em SP, com 838 habitantes e em terceiro Araguainha, no MT, com 953 habitantes. Estima-se que quase 25% dos municípios passaram, de 2015 para 2016, por uma redução da população.


Confira abaixo a lista das cidades com as maiores populações do Brasil:

1º São Paulo (SP): 12.038.175
2º Rio de Janeiro (RJ): 6.498.837
3º Brasília (DF): 2.977.216
4º Salvador (BA): 2.938.092
5º Fortaleza (CE) 2.609.716
6º Belo Horizonte (MG): 2.513.451
7º Manaus (AM): 2.094.391
8º Curitiba (PR): 1.893.997
9º Recife (PE) : 1.625.583
10º Porto Alegre (RS): 1.481.019
11º Goiânia (GO): 1.448.639
12º Belém (PA): 1.446.042
13º Guarulhos (SP): 1.337.087
14º Campinas (SP): 1.173.370
15º São Luís (MA): 1.082.935
16º São Gonçalo (RJ): 1.044.058
17º Maceió (AL): 1.021.709


E os municípios com as menores populações do país:

1º Serra da Saudade (MG): 815
2º Borá (SP): 838
3º Araguainha (MT): 953
4º Oliveira de Fátima (TO): 1.104
5º Anhanguera (GO): 1.115
6º Cedro do Abaeté (MG): 1.213
7º Uru (SP): 1.218
8º Nova Castilho (SP): 1.228
9º Miguel Leão (PI): 1.231
10º André da Rocha (RS): 1.300


E por fim, confira abaixo o registro populacional, segundo o IBGE, de todos os estados e do Distrito Federal:

Rondônia: 1.787.279
Acre: 816.687
Amazonas: 4.001.667
Roraima: 514.229
Pará: 8.272.724
Amapá: 782.295
Tocantins: 1.532.902
Maranhão: 6.954.036
Piauí: 3.212.180
Ceará: 8.963.663
Rio Grande do Norte: 3.474.998
Paraíba: 3.999.415
Pernambuco: 9.410.336
Alagoas: 3.358.963
Sergipe: 2.265.779
Bahia: 15.276.566
Minas Gerais: 20.997.560
Espírito Santo: 3.973.697
Rio de Janeiro: 16.635.996
São Paulo: 44.749.699
Paraná: 11.242.720
Santa Catarina: 6.910.553
Rio Grande do Sul: 11.286.500
Mato Grosso do Sul: 2.682.386
Mato Grosso: 3.305.531
Goiás: 6.695.855
Distrito Federal: 2.977.216


Quando a população brasileira vai parar de crescer?

Segundo estudos e projeções realizadas pelo IBGE, o Brasil somente irá parar de crescer em termos populacionais no ano de 2042, quanto terá atingido seu ápice populacional tendo em torno de 228,4 milhões de habitantes, começando, então, a decrescer chegando a ter, por volta de 2060, a população equivalente a estimada para 2025. O principal motivo para que haja uma redução no nível de crescimento, é a queda da taxa de fecundidade, ou seja, a diminuição dos filhos tidos pelas mulheres. A média, atualmente, é em torno de 1,77, estando abaixo da taxa de reposição da população, que seria 2,1 filhos por mulher. Além disso, há no país o processo de envelhecimento da fecundidade, que é o adiamento da idade média em que as mulheres brasileiras tornam-se mães. A idade média é de 26,9 anos, e passará a 28 anos em 2020 e a 29,3 em 2030.

Leia também! Assuntos relevantes