Quais os possíveis danos ao mundo se houver uma guerra nuclear?

Considerada como a crise nuclear mais preocupante das últimas cinco décadas, as tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte não param de aumentar. No dia 8 de abril, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou ter enviado uma "arma muito poderosa" à península coreana. Trump estava falando sobre os porta-aviões USS Carl Vinson e o grupo tático que enviou para o lugar, o qual ainda não se sabe exatamente qual, após mais um fracassado teste de mísseis realizado pela Coreia do Norte.

Ao mesmo tempo em que ocorre o aumento das tensões entre as potências nucleares, Rússia e China funcionam como aliadas numa espécie de prevenção para que os Estados Unidos não consigam atingir seus objetivos. Os dois países jamais declararam que estão realizando testes nucleares em conjunto, no entanto diversos especialistas afirmam que a Rússia vem cooperando com as novas experimentações em mísseis da China, e que as duas nações preparam uma ação conjunta contra o sistema americano na Coreia.

Todas essas informações estão levando muitos a acreditar que estamos próximos à Terceira Guerra Mundial. Isso porque se de um lado Washington, com Donald Trump, não para de provocar o governo da Coreia do Norte, este, por sua vez, diz ser capaz de afundar o super navio norte-americano com um único ataque. Com Vladimir Putin na presidência, a Rússia se mostra cada vez mais agressiva e inclinada à guerra, enquanto a China se mostra disposta a atuar ao lado do país em prol de frear os avanços dos Estados Unidos.


As possíveis consequências de uma guerra nuclear

Por se tratar de uma crise nuclear extremamente preocupante, muitos especialistas começam a falar sobre as consequências de uma possível guerra nuclear, em termos de devastação ambiental e econômica no mundo. Vale ressaltar que as armas nucleares administradas por Estados Unidos, Coreia do Norte e Rússia são centenas de vezes mais poderosas quando em comparação às bombas atômicas que explodiram e devastaram Hiroshima e Nagasaki, em 1945.

Isto é, caso Trump, Putin e Kim Jong-Un decidam por utilizar as armas nucleares que possuem, a civilização poderia ser destruída completamente em decorrência da explosão das super bombas. De acordo com estudo da União de Geofísicos da América, uma guerra nuclear devastaria o ambiente mundial e, mesmo que fosse em pequena escala, teria capacidade de devastar o clima e os ecossistemas do mundo, assim como provocar consequências graves a todos os seres humanos por mais de uma década.

Bomba Nuclear

Se apenas 0,03% das armas nucleares existentes fossem utilizadas, teríamos bilhões de seres humanos mortos, além de poeira radioativa em quantidades suficientes para provocar anomalias climáticas em todo o planeta. Em suma, uma guerra nuclear mataria a maior parte dos seres humanos, aniquilaria toda espécie de plantação, alteraria o clima e provocaria uma grande crise econômica com potencial para fazer com que todos os países entrassem em guerra pela sobrevivência.

Não haveria mais alimento, nem internet, nem países com força para sobreviver à devastação que os mais de 30 mil dispositivos nucleares - 95% sob o controle de EUA e Rússia - seriam capazes de provocar. Seria o fim da humanidade.

Leia também! Assuntos relevantes