Platão (427 aC - 347 aC)

Platão foi um filósofo e matemático da Grécia Antiga. Acredita-se que ele tenha nascido no ano de 427 aC, em Atenas.

Este importante filósofo escreveu obras memoráveis e foi o fundador e criador da Academia de Atenas, considerada a primeira instituição do mundo destinada à educação superior.

Os diálogos filosóficos de Platão foram responsáveis pela construção das bases da filosofia natural e da ciência. Ao lado de Sócrates, seu mentor e guia, Platão foi um dos filósofos mais importantes de todos os tempos.

Historiadores acreditam que o verdadeiro nome de Platão foi Arístocles. Ele foi aluno de Sócrates e atuou como professor de Aristóteles.

Platão foi considerado essencial para o desenvolvimento do pensamento filosófico na Grécia Antiga. Ele introduziu o método de diálogo nessa área de estudo e publicou uma obra que norteou a filosofia política do ocidente, chamada de “A República”.

Platão escreveu sobre os mais variados temas, como vida pública e privada, política, arte, justiça, religião, medicina, crimes, virtudes, sofrimento, natureza humana, sexualidade, entre outros. O filósofo era sistemático em suas análises sobre questões éticas e políticas.

Escultura do Platão

Platão foi considerado um filósofo racionalista, que trabalhava sempre com um raciocínio consistente e uma operação mental discursiva, baseada na lógica e na realidade. Por causa de seus posicionamentos e pensamentos filosóficos, as ideias de Platão influenciaram o realismo, que atualmente recebe o nome de "Realismo Platônico".

Uma importante contribuição de Platão foi a Teoria das Ideias, ou Teoria das Formas, que afirma que as formas abstratas e não-materiais têm um aspecto fundamental de realidade, com características imutáveis e substanciais. Platão também defendeu a existência daquilo que ele chamava de conexão metafísica.

As ideias de Platão conquistaram muitos seguidores, principalmente no campo da matemática e da física. Grandes cientistas como Galileu Galilei, Werner Heisenberg e Stephen Hawking foram influenciados pela filosofia de Platão.

O filósofo também estudou o processo de racionalização da fé cristã e influenciou teólogos como Santo Agostinho. Em resumo, Platão foi um filósofo racionalista, idealista, realista e dualista. Ele foi filho de Perictíone e Aristão.

Platão morreu em 347 aC, em sua cidade-natal, Atenas. As principais obras deixadas por esse filósofo grego foram: A República, escrita em dez volumes; Protágoras, Apologia, Fedro, Timon e Banquete.

Leia também! Assuntos relevantes