Periodização da Literatura Brasileira

Chama-se de Periodização da Literatura Brasileira a classificação de todos os movimentos literários que existiram no país, desde o descobrimento até os tempos mais recentes. Basicamente, a Literatura Brasileira é formada por duas Eras: a Era Colonial e a Era Nacional. Entenda!


Como foram as eras da literatura brasileira?

A Era Colonial reúne as escolas literárias do Quinhentismo (1500), Barroco (1601) e Arcadismo (1768). Já a Era Nacional engloba o Romantismo (1836), Realismo/Naturalismo/Parnasianismo (1881), Simbolismo (1893), Pré-Modernismo (1902) e o Modernismo (1922). Neste segundo grupo também costuma-se incluir o pós-modernismo.


Periodização da Literatura

A Periodização Literária é justamente o conjunto das eras e escolas literárias que marcaram o país. Esses movimentos literários podem ser agrupados, a fim de facilitar o estudo dos pesquisadores e dos escritores sobre o segmento literário no Brasil.

A divisão das escolas literárias do Brasil apresenta as diferenças entre a linguagem, os estilos e as inspirações dos escritores. Em Portugal, por exemplo, a periodização da literatura conta com os seguintes movimentos: Trovadorismo, Humanismo, Classicismo, Barroco, Arcadismo, Romantismo, Realismo-Naturalismo, Simbolismo e Modernismo.

No Brasil, como já citado, os movimentos literários foram: Quinhentismo, Barroco, Arcadismo, Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parnasianismo, Simbolismo, Pré-Modernismo e Modernismo. Cada era literária mostra detalhes e aspectos importantes sobre a sociedade, o cenário político e a economia de cada fase da história do Brasil.

Na Era colonial, por exemplo, as produções literárias mostravam as belezas e os mistérios de uma terra recém-descoberta, cheia de índios e riquezas naturais. A Era Colonial vai de 1500 até o ano de 1822, que marca a Proclamação da Independência.

No caso da Era Nacional, é possível destacar os movimentos literários e artísticos que aconteceram após a independência. Um dos mais importantes foi a Semana de Arte Moderna, de 1922.

Essa fase da literatura brasileira teve nomes de peso, como Machado de Assis, Euclides da Cunha, Mario de Andrade, Cecília Meireles, entre muitos outros.


Era Colonial e seus estilos literários

Quinhentismo – Literatura do período da descoberta do Brasil. O principal texto é a carta de Pero Vaz de Caminha a Portugal, descrevendo a nova terra.

Barroco – Período marcado por obras como Prosopopeia, de Bento Teixeira; e Obras, de Claudio Manoel da Costa.


Era Nacional e seus estilos literários

Romantismo – Destaque para a obra Suspiros poéticos e saudades, de Gonçalves de Magalhães.

Realismo/Naturalismo/Parnasianismo – Destaque para Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis.

Simbolismo e Pré-modernismo – Destaque para Os Sertões, de Euclides da Cunha.

Modernismo – Destaque para Paulicéia Desvairada, de Mario de Andrade.

Pós-Modernismo – Movimento pós-modernista, conhecido como Concretismo.

Leia também! Assuntos relevantes