Os Focos de Conflitos no Mundo Atual

Ainda existem muitas regiões do mundo vivendo intensos conflitos. As lutas são provocadas por diversos motivos, como disputa por territórios, independência, questões religiosas e recursos naturais.

Os conflitos mundiais são estudados pela Geografia dos Conflitos. Vamos conhecer agora alguns focos de conflitos no mundo atual:

México: é marcado pela luta do EZLN – Exército Zapatista de Libertação Nacional. O EZLN controla o sul do país, a região mais pobre do México. O grupo acusa o governo do México de excluir e marginalizar a população pobre do país.

Afeganistão: o grupo fundamentalista Taleban promove diversos ataques e guerras civis.

Sri Lanka: é marcado por um conflito de origem religiosa. Os Tâmeis (hinduístas) lutam contra cingaleses (budistas). Essa luta acontece desde 1980.

África: na Nigéria, o maior conflito é entre cristãos e muçulmanos.

África: em Serra Leoa, uma das nações mais pobres do mundo, acontece uma guerrilha contra o governo. O objetivo é tomar o poder no país.

Israel: marcado pelo conflito entre árabes e israelenses. Os palestinos reivindicam o reconhecimento de um Estado independente na Faixa de Gaza e na Cisjordânia, territórios atualmente ocupados por Israel.

Espanha: o movimento nacionalista pela independência do País Basco, região localizada ao norte da Espanha, é dominado pelo grupo ETA (Pátria Basca e Liberdade).

Argélia: o país da África vive uma guerra civil desde 1992. O grupo luta pela criação de um estado teocrático na Argélia.

Tibet: a região é controlada pela China desde 1950, mas muitos lutam pela independência da área. Mais de 1,2 milhão tibetanos morreram durante a ocupação do Tibet.

Irlanda do Norte: marcada por uma luta entre católicos e protestantes. Os católicos buscam uma unificação com a República da Irlanda há 30 anos.

Iraque: enfrenta divergências ligadas a questões religiosas, econômicas, territoriais e étnicas. O país esteve envolvido em confrontos com o Irã, o Kuwait e os Estados Unidos.

Colômbia: região ocupada por guerrilheiros chamados de FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). A organização tem ligação com a produção de cocaína e com o narcotráfico.

Leia também! Assuntos relevantes