Os Elementos de Euclides

Os Elementos de Euclides

Os Elementos de Euclides não só constituem a mais antiga obra matemática grega importante a chegar até nós, mas o texto mais fluente de todos os tempos.

Foi composto em 300 A.C. aproximadamente e foi copiado e recopiado repetidas vezes inserindo erros e variações inevitais, e alguns editores, notadamente Teon de Alexandria no fim do quarto século, tentaram melhorar o original.

No entanto foi possível uma boa impressão do conteúdo original através de meia dúzia de cópias manuscritas gregas datando principalmente dos séculos X a XII.

Cópias de Os Elementos chegaram até nós também em traduções árabes, mais tarde traduzidas para o latim no século XII.

A primeira versão impressa de Os Elementos apareceu em Veneza em 1482, um dos primeiros livros de matemática impressos; calcula-se que desde então pelo menos 1000 edições foram publicadas.

Talves nenhum livro, além da bíblia, possa se gabar de tantas edições, e certamente nenhuma obra matemática teve influência comparável à de Os Elementos de Euclides.

Os Elementos estão divididos em treze livros ou capítulos, dos quais os seis primeiros são sobre geometria plana elementar, os três seguintes sobre teoria dos números, o Livro X sobre os incomensuráveis e os três últimos versam principalmente sobre geometria no espaço Frontispício da primeira versão inglesa dos Elementos de Euclides (Londres ,1570). A tradução é apresentada como Sir Henry Billingsley ( Lord Mayor) , mas parte dela ou toda, pode ser de John Dee, que escreveu o prefácio.

Veja a versão completa dos Elementos de Euclides:
http://www.mat.uc.pt/~jaimecs/euclid/elem.html

Bibliografia:
HISTORY OF MATHEMATICS - Carl B. Boyer*Heath T.L. - The Thirteen Books of Euclid's Elements - ed. Dover - New York

Fonte:
http://sandroatini.sites.uol.com.br/euclides.htm

Leia também! Assuntos relevantes