Os alunos sentem que a escola não foi feita para eles

Os alunos sentem que a escola não foi feita para eles

Por

Para os alunos a escola é um lugar no qual eles não se sentem bem nem à vontade. Mesmo aqueles que, fora da escola, são faladores, espertos, curiosos e alegres, dentro da sala de aula vão ficando calados, passivos e tristes.

A escola não tem nada que ver coma vida de todo o dia. Dentro dela não há lugar para seus problemas e preocupações.

A professora, na maioria das vezes, não é vista como uma pessoa amiga que está ali para ajudar, mas sim como aquela pessoa que sabe o que eles não sabem, que fala enquanto eles têm que ficar quietos, que fala bonito e diz que eles falam errado, que castiga quando eles se comportam mal e que reprova quando eles não conseguem aprender o que tem que ser aprendido. Eles têm medo dela e, para se defender, se fecham em si mesmos ou tornam-se agressivos e indisciplinados.

Tudo aquilo que eles sabem de experiência própria e bem vivida não é levado em contra na escola. A professora corrige sua maneira de falar, seus modos, sua maneira de vestir e, às vezes, diz abertamente que eles são incapazes de aprender e que não adianta perder tempo porque, de qualquer jeito, eles vão ser reprovados.

Pouco a pouco, eles vão perdendo a motivação para continuar se esforçando, vão se sentido realmente incapazes de aprender e vão se resignando a um fracasso que vai marcar o resto de suas vidas.


Fonte:
CECCON, Claudius et al. A vida na escola e a escola da vida. Petrópolis, RJ : Vozes/Idac, 1982. p.16-7. In : PILETTI, Nelson. Estrutura e funcionamento do ensino de 1º grau. 18.ed. São Paulo : Ática, 1994. 176p. Cap.2. p.28.

http://cledir.hpg.ig.com.br/novosite/estrutura02.htm

Leia também! Assuntos relevantes