O que motivou Colombo e outros navegantes a se aventurar em outros mundos?

O que motivou Colombo e outros navegantes a se aventurar em outros mundos?

Por

As ousadas expedições marítimas organizadas nos séculos 15 e 16 por Portugal e Espanha são conhecidas historicamente como “As Grandes Navegações”. Mas o que motivou Colombo e outros navegantes a se aventurar em outros mundos?

Quando a cidade de Constantinopla foi tomada pelos turcos, em 1453, os europeus se viram obrigados a buscar novas rotas que possibilitassem o comércio com o Oriente, sobretudo a Ásia. Foi durante uma dessas expedições que Colombo descobriu, sem querer, a América.

Além de questões econômicas, outros fatores influenciaram o pensamento da época e acenderam o pavio da curiosidade de alguns estudiosos. A Renascença, por exemplo, movimento artístico e científico do século 15, questionou as verdades cristalizadas da Idade Média, entre elas os limites geográficos do planeta.

Ainda havia os religiosos, que almejavam disseminar o cristianismo pelo mundo todo e os interesses políticos, guiados pela conquista de novos territórios.

Motivos não faltaram para que centenas de embarcações se lançassem mar adentro em busca de novos mundos, mesmo sabendo dos perigos que os aguardavam. Na época, ouviam-se muitas histórias a respeito de monstros e figuras mitológicas que habitavam as profundezas do oceano.

Leia também! Assuntos relevantes