O Que é o Efeito Antropogênico

O Que é o Efeito Antropogênico

Por

É a alteração da concentração de ozônio na atmosfera por compostos manufaturados, resultante de atividades humanas e que, através de reações químicas provocam a sua destruição.

O cloro proveniente dos CFCs e o bromo proveniente dos halônios são dois dos mais importantes elementos químicos associados com a destruição do ozônio. Os CFCs são substâncias derivadas dos hidrocarbonetos, em que os átomos de hidrogênio estão substituídos por átomos de cloro e flúor. Como os elementos cloro e flúor, juntamente com o bromo e o iodo encontram-se no grupo dos elementos conhecidos como halogênios, são também, denominados halocarbonetos. Comercialmente são conhecidos como Freons . Outro grupo de substâncias também derivadas dos hidrocarbonetos, conhecidas por halônios, contém bromo bem como cloro e/ou flúor. Tanto os CFCs como os halônios podem causar a destruição do ozônio.

Os halônios, apesar de liberados na atmosfera em quantidades menores que os CFCs, respondem por uma fração significativa da destruição do ozônio. Infelizmente seu potencial de destruição de ozônio é maior que o dos CFCs.

As moléculas de CFC, ou Freons, passam intactas pela troposfera. Quando passam por esta parte, desembocam na estratosfera, onde os raios UV do sol estão em maior quantidade. Esses raios quebram as partículas de CFCs liberando o átomo de Cl que por sua vez rompe a molécula de ozônio, formando monóxido de cloro e oxigênio. Mas, a reação não pára por aí, havendo então uma destruição em cadeia, ou seja, a molécula de monóxido de cloro reage com um átomo de oxigênio livre regenerando o Cl e produzindo O2.

Cl + O3(g) ---> ClO(g) + O2(g)
ClO(g) + O ----> Cl + O2(g)
O + O3(g) ---> 2O2(g)

O escudo que protege as pessoas das radiações solares é atacado a todo momento por gases de metano, enxofre e monóxido de carbono, mas os estragos maiores são procados pelos halogênios (flúor, cloro, bromo).

Para se ter uma idéia do estrago possível, apenas um átomo de cloro pode teoricamente decompor mais de cem mil moléculas de ozônio, ao longo dos anos.


Autores:
Alexsandra de Amorim
Moisés da Silva Lara

Fonte:
http://bohr.quimica.ufpr.br/~dallara/camada.html

Leia também! Assuntos relevantes