O que causa Terçol? Sintomas e tratamento

O terçol é um tipo de furúnculo que se desenvolve em um cílio, bem rente à borda da pálpebra. O resultado deste furúnculo é um olho avermelhado, irritado e inchado, que incomoda por coçar e por prejudicar a estética.

Apesar de seu aspecto feio, o terçol não é contagioso. O problema se manifesta por causa da inflação de uma glândula pilossebácea do cílio.

O terçol é classificado como uma doença infecciosa. A causa mais comum é a presença de uma bactéria, geralmente da família estafilococos (Staphylococcus aureus).


Mais informações sobre o terçol

Algumas pessoas têm mais predisposição ao desenvolvimento de terçol, como, por exemplo, os diabéticos, os pacientes em tratamento com corticoides e os imunodeprimidos. A doença se manifesta na pálpebra e pode, em alguns casos, apresentar pus no furúnculo. O problema é doloroso e bastante incômodo, causando lacrimejamento e escaras.

A doença fica na parte externa da pálpebra e, por isso mesmo, causa muito desconforto para o paciente. Algumas pessoas também podem desenvolver sensibilidade à luz. A duração dos sintomas pode variar de uma a duas semanas.


Tratamento para terçol

As pessoas normalmente não procuram um médico por causa de terçol. O problema costuma ser tratado em casa, com alguns cuidados especiais.

Por não ser uma doença grave, o próprio farmacêutico pode indicar um medicamento. O oftalmologista deve ser contato apenas se o terçol não desaparecer dentro de duas semanas.

O tratamento básico para terçol inclui o uso de um creme antibiótico para os olhos, a limpeza constante das pálpebras com soro fisiológico e a realização de compressas mornas durante o dia.

O terçol também é conhecido como hordéolo. A inflamação das glândulas é muito comum e pode acontecer em qualquer fase da vida, sendo mais frequente em adolescentes.

Segundo os oftalmologistas, a doença pode ser explicada pelo excesso de secreção presente nas glândulas da pálpebra. E quando uma bactéria se manifesta, ela leva à obstrução e inflamação de tais glândulas.

Fatores como estresse e má alimentação também podem influenciar o surgimento do terçol. Além disso, pessoas com a pele oleosa também podem ter mais casos de terçol.

A recomendação para quem apresenta a doença é: não coçar os olhos e manter uma higiene frequente da lesão. Para as mulheres, também existe a indicação de evitar o uso de maquiagem.

Em grande parte dos casos, o terçol passa por um processo de drenagem espontaneamente. Para garantir um tratamento eficaz, pergunte ao seu médico quais pomadas à base de antibióticos são indicadas para este tipo de problema. Dessa forma, você pode ter o medicamento em casa, para quando precisar utilizá-lo.

Leia também! Assuntos relevantes