O Movimento Yosoy132, Primavera Mexicana

O Movimento Yosoy132, Primavera Mexicana

Por

O movimento Yosoy132, também conhecido como Primavera Mexicana, foi uma onda de protestos contra um candidato à presidência do México. A revolta levou, posteriormente, à exigência da democratização da comunicação no país.

O movimento levou milhares de mexicanos às ruas e colocou na mídia informações sobre a  manipulação e a concentração dos meios de comunicação do México.

Tudo começou quando o candidato à presidência pelo Partido Revolucionário Institucional (PRI), Enrique Peña Nieto, foi visitar a Universidade Iberoamericana. O candidato conservador foi recebido com críticas pelos estudantes. Ele, então, reagiu de forma autoritária e começou a gerar protestos.

Depois desse episódio, os universitários entenderam que a Televisa, maior rede de televisão do México, estava manipulando informações a favor de Peña Nieto, fato que levou à revolta popular.

O movimento ganhou força depois que os estudantes produziram um vídeo desmentindo a informação da grande mídia mexicana. O vídeo reuniu 131 estudantes que diziam "Sou estudante e tenho direito de protestar".

Depois disso, os alunos da Universidade Iberoamericana e de outras 20 universidades do México começaram a se organizar em assembleias, que eram divulgadas pelas redes sociais. O movimento chegou a formar marchas com até 10 mil manifestantes. O objetivo era evitar que Peña Nieto chegasse à presidência.

Os protestos começaram no dia 11 de maio de 2012, na Cidade do México. O movimento foi rapidamente apoiado e divulgado pelas redes sociais, se espalhando pelo México e pelo mundo.

Twitter, Facebook e Youtube foram as ferramentas mais utilizadas pelos manifestantes. A campanha alcançou seu objetivo e levou à derrota de Peña Nieto nas urnas.

Leia também! Assuntos relevantes