O Brasil e o Bric

O Brasil e o Bric

Por

A sigla Bric foi criada em 2001, pelo economista Jim O'Neill, do banco de investimentos Goldman Sachs. Essa sigla apontava, na época, Brasil, Rússia, Índia e China como os países que iriam liderar o crescimento global nos próximos 50 anos.

No início, a presença do Brasil nesta lista de emergentes fez com que muitos economistas desacreditassem do potencial do país. No entanto, depois de viver a época do apagão energético, a desvalorização do real e a perda de seu PIB global, o Brasil começou a se recuperar e dar a volta por cima.

Hoje, o Brasil é visto como o BRIC mais promissor da lista. O país traçou um regime de metas de inflação, de distribuição de renda, câmbio flutuante e seriedade fiscal que vêm dando certo. Entre os economistas já se fala que o Brasil será uma das cinco potências mundiais até 2040.

Até mesmo o Banco Mundial já aponta o Brasil como a sexta maior economia do mundo pelo critério de paridade do poder de compra das moedas, com 2,88% do PIB mundial.


Juliana Miranda do GrupoEscolar.com

Leia também! Assuntos relevantes