Muro de Berlim - Comemorações dos 20 anos de sua queda | 1989-2009

Muro de Berlim - Comemorações dos 20 anos de sua queda | 1989-2009

Em 1961, o governo comunista da Alemanha Oriental iniciou a construção de um muro entre Berlim Oriental e Ocidental , para impedir que cidadãos da Alemanha Oriental fugissem para Berlim Ocidental, de governo democrático. No começo o muro era uma barreira "temporária" feito de arame farpado e madeira. Em breve, no entanto, foi construído um muro de concreto e arame farpado, a fim de dividir permanentemente as duas nações que compartilhavam a mesma cidade.

O muro, que logo se tornou o símbolo da divisão da Alemanha e de um mundo em Guerra Fria, permaneceu durante 30 anos.

Em fins de 1980 o mundo comunista começou a se desmoronar, e, da mesma forma, o Muro de Berlim. Em 1989, a Alemanha Oriental já havia parado de impedir os seus cidadãos de passarem para a Alemanha Ocidental, e o povo de Berlim começou a demolir o muro. Hoje, a Alemanha é uma nação só, unida. O Muro de Berlim existe apenas na memória.






Comemorações dos 20 anos | 1989-2009
20 anos depois, a Europa celebra o fim da cortina de ferro.

O Muro de Berlim foi, durante os seus 28 anos de existência, um marco da Guerra Fria. Começou a ser construído pelas autoridades da República Democrática Alemã (RDA) em 1961 como forma de evitar o êxodo que começava a ser insustentável; segundo o Deutsche Welle, de «1949 a 1961, quase 3 milhões de pessoas fugiram da Alemanha comunista para os sectores ocidentais de Berlim». O Muro, separando Berlim Ocidental do restante território da RDA, tornou-se o símbolo da separação entre os mundos capitalista e socialista.

A 9 de Novembro 1989, a fronteira que o Muro representava é derrubada e atravessada pelos cidadãos alemães de ambos os lados que saíram para as ruas. Foi um momento histórico que mudou a face da Europa e do mundo, sendo apontado por muitos como o fim da Guerra Fria.

Quase um ano depois, a 3 de Outubro de 1990, a Alemanha é reunificada. A nova República Federal da Alemanha fez com que as Comunidades Europeias aumentassem a sua superfície e população. Esta integração marca o início do reencontro do povo europeu, num processo ainda não terminado mas que atingiu já um ponto alto com os alargamentos da União Europeia em 2004 e 2007.



Em Portugal
A Representação da CE em Portugal assinala o 20º aniversário da Queda do Muro de Berlim com uma conferência em Lisboa no próximo dia 2 de Novembro. Os novos desafios de uma Europa alargada serão o tema de debate das sessões que contarão com a presença (entre outros) do Comissário Europeu László Kovács e dos ex-Presidentes da República Portuguesa, Mário Soares e Jorge Sampaio.

A conferência é organizada em parceria com as embaixadas em Portugal da República Checa, Alemanha, Hungria, Polónia, Eslovénia, Eslováquia e Suécia e terá lugar no Auditório 2, da Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa.

A conferência contará ainda com uma exposição foto-documental "Liberdade de Democracia – Hungria: Desde o corte da cortina de ferro até à adesão ao Espaço Schengen" na sala 3 da zona

de Congressos, também na Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa.



Observação: O Muro de Berlim começou a ser derrubado na noite de 9 de Novembro de 1989 depois de 28 anos de existência. [http://pt.wikipedia.org/wiki/Muro_de_Berlim]



Fonte:
http://monumentos.vilabol.uol.com.br/murodeberlim.html

http://www.eurocid.pt/pls/wsd/wsdwcot0.detalhe?p_cot_id=5416

Leia também! Assuntos relevantes