Microscópio


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Microscópio

Instrumento de óptica destinado à ampliação e observação de pequenos objetos. A ampliação consiste no aumento em grande proporção dos diâmetros aparentes dos objetos a observar. A dois tipos básicos de microscópios: os simples e os compostos. Microscópio simples, também conhecidos como lupas, ampliadores ou lentes de ampliação, contam de lentes que eqüivalha a esse tipo. Algumas são montadas em suportes para maior facilidade de manuseio e melhor observação; tais suportes podem ser fixos ou portáveis, como os usados nas lentes destinados à leitura, sendo classificadas, por alguns autores, em quatro grupos: lentes para leitura, ampliadores de bolso, lupas de relojoeiro e lupas de suportes especiais.

O microscópio composto consta, em essência, de um sistema óptico formado por dois conjuntos de lentes. Esses conjuntos são os da objetiva, voltada para o objeto e que forma no interior do aparelho a imagem do mesmo, e a ocular, que permite ao observador ver essa mesma imagem. A objetiva é fortemente convergente e tem pequena distância focal; já a ocular é menos convergente que a objetiva.

A objetiva e a ocular são colocadas nas extremidades diametralmente opostas de um tubo, o canhão, constituído de duas partes encaixadas, concêntricas, de maneira que se pode alongá-lo e encurtá-lo à vontade, como os tubos telescópios. Essa variação do comprimento do canhão resulta na aproximação ou afastamento conjunto objetiva-ocular do objeto a ser observado. Tal movimento é possibilitado por dois parafusos, o macromético e o micromético, conforme seja rápido ou lento. A distância entre os dois sistemas de lentes é constante, a fim de que a imagem se forme sempre a distância mínima de visão distinta.

O canhão é montado numa armação articulada que sustenta também a platina, chapa sobre o qual é colocada a lâmina de vidro com o objeto a ser observado. O objeto é iluminado pelos raios luminosos provenientes de uma fonte qualquer, natural ou artificial, e concentrados no mesmo por meio de um espelho chamado refletor, que é móvel, e por uma pequena lente, que constitui o condensador.

Para ser ampliado, é necessário que o objeto em observação seja colocado a uma distância do instrumento, pouco maior que a distância focal da objetiva. A ampliação obtida é função das distâncias focais dos dois sistemas de lentes e das distâncias que os separa.

Os microscópios mais antigos eram dotados de uma objetiva simples e, muitas vezes, sistemas de prismas eram usados para fornecer ao instrumento visão binocular. Ainda hoje esse tipo de microscópio é usado, mas seu emprego tem cedido terreno ao microscópio de dupla objetiva, dotado de visão binocular, inventado por Greenough em 1897. Tal aparelho é constituído de dois microscópios, um para cada olho do observador e montado de tal maneira que os raios luminosos que os atravessam se vão concentrar todos no foco comum aos dois sistemas ópticos. O microscópio de objetiva pode ser dotado de visão esterioscópia, para o que são empregados prismas especiais.

Os microscópios fazem uso de grande número de acessórios, que tornam possível o emprego do aparelho em serviços especializados e onde se exige grande precisão. Entre eles contam-se: filtros, discos micrométricos, oculares micrométricas, polarizadores, analizadores e muitos outros. São intensivamente usados nos mais diversos ramos da ciência, tais como biologia, metalurgia, espectroscopia, medicina, geologia e pesquisa científica em geral.

Microscópio eletrônico. O microscópio eletrônico pode ser definido como um aparelho de natureza eletrônica, cuja a finalidade é a obtenção de imagens enormemente ampliadas de pequeníssimos objetos. O primeiro aparelho desse tipo apareceu em 1940, tendo sido consideravelmente desenvolvido a seguir. São muitíssimos mais potentes que os microscópios ópticos e a dinamia, que possibilita o uso das ações de campos magnéticos e elétricos sobre os elétrons




Leia também! Assuntos relevantes.

Anticorpos
Os anticorpos são proteínas do corpo humano que atuam como protetores do organismo. Trata-se de uma substância que reage com corpos estranhos para evi...

Centrômero
Os centrômeros caracterizam a região que une os bastões presentes nos cromossomos, quando as células estão em processo de divisão. Essa divisão cromos...

Fauna
Fauna é o termo coletivo para a vida animal de uma determinada região ou período de tempo. O termo correspondente para plantas é flora. Flora, fauna e...

Epêndima
A epêndima é uma membrana delgada que reveste os ventrículos cerebrais e o canal central da medula espinhal. As células ependemárias têm origem do rev...

Anatomia Humana
Na biologia estuda-se um campo denominado Anatomia Humana. Como o nome sugere a anatomia analisa as diversas estruturas e sistemas que formam o corpo ...

Biologia das Serpentes
As serpentes possuem um corpo alongado, por esse motivo a disposição de seus orgãos acompanham o formato do corpo. São desprovidos de membros, cav...

A densidade do corpo humano
A densidade do corpo humano é de 1.010 kg/m³, um pouco superior à densidade da água. É por causa dessa densidade que nosso corpo afunda se não souberm...

Esclerênquima
Esclerênquima é tecido de sustentação dos vegetais, caracterizado por células de paredes primária e secundária espessadas. Ele é constituído por escle...

Herança dos Grupos Sanguíneos
Os tipos sanguíneos são divididos em grupos que podem ser combinamos geneticamente. O grupo sanguíneo dos filhos sofrem influencia do grupo dos pais. ...

Teoria de Darwin: seleção natural das espécies
Charles Robert Darwin nasceu em 1809 e faleceu em 1882. Ele foi um naturalista britânico que tentou convencer a comunidade científica de que a evoluçã...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados