Língua Oculta

1) AONDE/ONDE
AONDE è indica idéia de movimento ou aproximação.

ONDE è refere-se a verbos que indicam estado ou permanência.

Onde estacionei meu carro?

Onde você estava?

Aonde vamos?

Não sei aonde querem chegar com essas atitudes.


2) MAL/MAU
MAU = opõe-se a BOM

MAL = opõe-se a BEM

Não é mau aluno.

Trata-se de um mau professor.

O mal não compensa.

Mal chegou, o aluno abordou-o.

Ele se comporta mal em sala de aula.


3) ACERCA/ A CERCA/HÁ CERCA
ACERCA = "sobre", "a respeito de"

A CERCA = "a uma distância aproximada"

HÁ CERCA = "faz aproximadamente" ou "existem aproximadamente"

Falávamos acerca de futebol.

Estamos a cerca de cem quilômetros de Colatina.

Há cerca de dez anos terminei meus estudos.

Há cerca de trinta mil inscritos no vestibular da Ufes.


4) AO ENCONTRO DE/DE ENCONTRO A
AO ENCONTRO DE = indica "ser favorável", "aproximar-se de".

DE ENCONTRO A = indica oposição, choque, colisão.

Quando a viu, foi rapidamente ao encontro da mãe.

Ainda bem que sua opinião veio ao encontro da minha.

O caminhão foi de encontro ao muro.


5) MAS/MÁS/MAIS
MAS = "porém" (conjunção adversativa)

MÁS è oposição a boas

MAIS è oposição a menos

"É preciso estudar mais, mas sem cometer exageros. Além disso, deve-se evitar as más companhias."


6) A PAR/AO PAR
A PAR = "ciente"

AO PAR è indica equivalência entre valores financeiros.

Deixe-me a par de tudo.

As moedas mantiveram o câmbio ao par.


7) AFIM/A FIM
AFIM = "semelhante"

A FIM è está presente na locução A FIM DE, que significa "para".

São temperamentos afins.

Estudava a fim de passar


8) EM VEZ DE/AO INVÉS DE
EM VEZ DE è significa "em lugar de"

AO INVÉS DE è significa "ao contrário de"

Ao invés de chorar, ele sorria.

Em vez de açúcar, colocou sal no suco.


9) SE QUER/SEQUER
SE QUER è SE(conjunção condicional)+ QUER(verbo querer)

SEQUER = "pelo menos", "ao menos"

Não disse sequer uma palavra.

Se quer cantar, cante.


10) DEMAIS/DE MAIS
DEMAIS = "muitos" ou "restantes"; ou advérbio de intensidade

DE MAIS è opõe-se a de menos.

Eu te amo demais.

Não converse em sala de aula! Respeite os demais.

Não vejo nada de mais em seu vestido.


11) SE NÃO/SENÃO
SE NÃO = "quando não" ou "caso não"

SENÃO = "do contrário", "a não ser", "mas sim" ou "de outro modo"

Estude mais, senão ficará reprovado.

É uma pessoa lenta, se não preguiçosa.


12) POR QUE/POR QUÊ/ PORQUE/PORQUÊ
Método da substituição

POR QUE = "por qual motivo"

Por que há tanta guerra no mundo?

Não sei por que há tanta guerra no mundo.

Observação: Há tanta guerra no mundo por quê? (quê tônico)


POR QUE = "pelo(s) qual(is), pela(s) qual(is)"

As cidades por que passei eram lindas.

O projeto por que fui aprovado estava ótimo.

PORQUE = "visto que, pois, já que, uma vez que, etc."

Não fui à aula porque estava doente.

Porque estava doente, não foi à aula?

PORQUÊ = "motivo, razão"

Não sei o porquê de tanta bagunça.

Todos querem saber o porquê da sua derrota.



Fonte:
http://www.netvestibulando.hpg.ig.com.br/porlinguaoculta.htm

Leia também! Assuntos relevantes