Ligação covalente

Na química, a ligação covalente é caracterizada pelo compartilhamento de pares de elétrons entre os átomos. Essa ligação química ocorre com pares de elétrons que podem ser de hidrogênio, ametais ou semimetais.

A ligação covalente também é chamada de ligação molecular. Essas ligações têm o objetivo de formar moléculas estáveis, que seguem a Teoria do Octeto, que define que "um átomo adquire estabilidade quando possui 8 elétrons na camada de valência ou 2 elétrons quando possui somente uma camada".

As ligações químicas covalentes acontecem principalmente entre os não metais, ou ametais. O compartilhamento dos átomos busca a obtenção de estabilidade. Neste contexto, as ligações covalentes ocorrem com a finalidade de estabilizar os elementos.

As ligações covalentes podem ser classificadas em Ligação Covalente e Ligação Covalente Dativa. Entenda os dois tipos!

Ligação Covalente – Em uma situação em que temos uma molécula de água H2O, formada por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, cada traço equivale a um par de elétrons que é compartilhado e forma uma molécula neutra.

Ligação Covalente Dativa – Na ligação covalente dativa, também conhecida como ligação coordenada, um dos átomos tem um octeto completo, o que significa que possui oito elétrons em sua última camada. Para conquistar estabilidade eletrônica, é necessário adquirir mais dois elétrons. Sendo assim, a ligação covalente dativa acontece quando um dos átomos compartilha seus elétrons com outros dois elementos.


Características das ligações covalentes

As ligações covalentes ocorrem entre átomos de elementos eletronegativos. Isso significa que envolvem elementos que apresentam uma tendência para receber elétrons. Neste tipo de ligação, se estabelece um compartilhamento de elétrons nas camadas de valência.

É importante ressaltar que os metais não participam das ligações covalentes, apenas os ametais e semimetais, além do hidrogênio. Um exemplo básico de ligação covalente é o próprio hidrogênio, representado por: H + H → H2.

A ligação covalente pode ser representada pelas seguintes fórmulas:


Fórmula de Lewis: quando existem elétrons da camada de valência de cada átomo, bem como a formação de pares eletrônicos.

Fórmula Estrutural de Couper: tem ligações de elementos, e cada par compartilhado corresponde a um traço. As ligações podem ser simples, duplas e triplas.

Leia também! Assuntos relevantes