Lei de Snell, Refração da luz

Lei de Snell, Refração da luz

Por

Uma importante lei da física no âmbito da refração da luz é a chamada Lei de Snell-Descartes, conhecida também apenas como lei de Snell. Essa lei trata da refração e aponta uma expressão que envolve o desvio angular do raio de luz que passa para um meio com índice de refração diferente daquele onde ele estava antes. Isso quer dizer que a Lei de Snell descreve a relação entre os ângulos de incidência e refração.

A Lei de Snell é frequentemente empregada na física para apontar a direção dos raios de luz em meios refrativos. Esse cálculo envolve a velocidade da luz e o perfil do meio refrativo, que pode ser a água, o vidro ou uma lente, por exemplo.

De acordo com os índices de refração relativos, a luz pode ser refratada num ângulo menor ou maior. Toda refração que acontece envolvendo duas superfícies recebe o nome de reversível.

Vale lembrar que a Lei de Snell é válida para meios isotrópicos, como o vidro, por exemplo. Já nos cristais, essa lei não costuma ser eficiente. Na prática, a Lei de Snell é derivada do princípio de Fermat, que afirma que a luz viaja pelo trajeto de menor tempo.

Reflexão total da luz

A reflexão total da luz é caracterizada como um fenômeno óptico, que acontece sempre que a luz incide sobre uma superfície com ângulo-limite L. Nesse caso, a luz é totalmente refletida.

Entende-se por ângulo-limite o menor ângulo de incidência da luz sobre uma superfície que separa dois meios. Esse ângulo pode ser encontrado com a lei de Snell. Na reflexão total da luz, o fenômeno acontece quando a luz passa de um meio refringente para outro meio menos refringente.

Dioptro Plano

O Dioptro plano é compreendido na física como todo sistema que conta com dois meios homogêneos e transparentes, que são divididos por superfície plana. Um exemplo clássico seria o ar e água de uma piscina. O dioptro plano é uma referência para o estudo da dispersão luminosa.

Formação de Imagens em Lentes

A formação de imagens em lentes acontece em todo dispositivo de material homogêneo e transparente com, pelo menos, uma superfície plana e outra superfície esférica, ou duas superfícies esféricas. Existem diversos tipos de lentes, como as lentes delgadas, por exemplo, que são aquelas que possuem espessura desprezível em relação ao raio de curvatura.

As imagens podem ser formadas em várias lentes, como nas lentes convergentes. É importante destacar que apenas as imagens reais são projetáveis.

Leia também! Assuntos relevantes