Lei de Lenz


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Lei de Lenz

Segundo a lei de Lenz, qualquer corrente induzida tem um sentido tal que o campo magnético que ela gera se opõe à variação do fluxo magnético que a produziu.

Matematicamente, a lei de Lenz é expressa pelo sinal negativo que aparece na expressão da Lei de Faraday.

Para discutir a lei de Lenz vamos considerar uma bobina constituída de muitas espiras conectada a um amperímetro e um imã de campo magnético intenso que se aproxima dessa bobina com o pólo norte virado para ela.


A corrente induzida na espira tem o sentido indicado na figura porque, assim, gera um campo magnético cujo pólo norte se confronta com o pólo norte do imã. Os dois pólos se repelem, ou seja, o campo gerado pela corrente induzida se opõe ao movimento do imã.

Quando o imã é afastado da espira, a corrente induzida tem sentido contrario àquele indicado porque, assim, gera um campo magnético cujo pólo sul se confronta com o pólo norte do imã. Os dois pólos se atraem, ou seja, o campo gerado pela corrente induzida se opõe ao movimento de afastamento do imã.

O fato expresso na lei de Lenz, de que qualquer corrente induzida tem um efeito que se opõe à causa que a produziu, é a expressão, nesse contexto, do princípio de conservação da energia.

Se a corrente induzida atuasse no sentido de favorecer a variação do fluxo magnético que a produziu, o campo magnético da espira teria um pólo sul confrontando o pólo norte do imã que se aproxima, com o que o imã seria atraído no sentido da bobina.

Então, se o imã estivesse em repouso em relação à bobina e uma pequena quantidade de movimento na direção da bobina lhe fosse comunicada, ele seria atraído no sentido da bobina, sua velocidade aumentaria e, com isso, aumentaria a intensidade da corrente induzida, que geraria um campo mais intenso que, por sua vez, atrairia o imã com uma força maior e sua velocidade aumentaria mais ainda e assim por diante.

A pequena energia cinética inicial cresceria sem qualquer influência externa, violando o princípio de conservação da energia.

Fonte:
http://www.ufsm.br/gef/Eletro13.htm




Leia também! Assuntos relevantes.

Animais que vivem na Mata dos Cocais
A Mata dos Cocais é considerada uma floresta de transição. Ela fica no nordeste brasileiro, mais especificamente entre a caatinga e o cerrado. A forma...

Matéria e Antimatéria
O ramo da física que estuda os constituintes básicos da matéria é a Física de Partículas Elementares. Neste campo existe uma teoria chamada de Modelo ...

Animais que vivem no solo
Existem muitas espécies de animais que vivem no solo. É possível dizer que a terra apresenta grande diversidade de seres vivos. Alguns desses animais ...

Animais aquáticos
Os animais aquáticos constituem um grupo grande e diversificado. Vão desde espécies pequenas e inofensivas aos gigantes e poderosos das águas. ...

Atividade Enzimática
A atividade enzimática acontece por meio de moléculas chamadas de confatores. Nesse processo, as enzimas convertem o substrato em produto. A veloci...

Campo Magnético
O vetor campo magnético B em um dado ponto do espaço é definido a partir da força F que age sobre uma partícula de carga q que passa por esse ponto co...

Macunaíma
Macunaíma é um clássico da literatura brasileira, escrito por Mário de Andrade. A obra é uma crítica à sociedade brasileira, lançada durante um fase d...

10 Animais Nocivos ao Humano
Os animais mais nocivos do mundo são aqueles capazes de atingir a saúde ou a integridade física do ser humano. Existem diversas espécies perigosas par...

Força sobre Condutor de Corrente Elétrica
Um condutor percorrido por corrente elétrica mergulhado numa região de campo magnético fica sob a ação de uma força que resulta da soma das forças mag...

Radiações primárias - Raios Cósmicos
Radiações primárias são fótons, nêutrons ou partículas carregadas? - ou seja, seriam raios eletricamente neutros como a luz ou seriam comparáveis aos ...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados