Inflação - Deflação - Hiperinflação

Inflação - Deflação - Hiperinflação

Por

A inflação é a queda do poder aquisitivo, ou seja, a queda do poder de compra do dinheiro, ocasionado pelo aumento geral nos níveis de preços dos produtos e bens de serviço. Quando a inflação está em alta, os preços ficam mais caros, fica mais fácil fazer ajustes na economia, porém, a economia fica descontrolada.
O inverso também é danoso, inflação muito baixa, ou deflação, representa difícil negociação de preços em particular em contratos e salários e baixa procura por produtos e serviços.
Um clássico exemplo de HIPERINFLAÇÃO ocorreu no Governo José Sarney (1985 – 1990), quando o índice de inflação chegava a 224% ao ano, ocorrendo o congelamento de salários e o fim da correção monetária. Somente em 1994, no final do governo do Itamar Franco, ocorreu o controle financeiro no Brasil. O plano Real, manteve-se em baixa no sucessor governo FHC e está em vigor até os dias de hoje.
Para uma economia saudável é necessário um equilíbrio comercial, já que para um país se capitalizar é necessário que a inflação fique em uma faixa aceitável. Geralmente, a deflação pode ser ocasionada pela baixa aquisição de produtos ou serviços. Em outras palavras, uma boa economia é aquela em que o dinheiro gira.

Leia também! Assuntos relevantes