Índios Tupinambás

Índios Tupinambás

Por

Os índios Tupinambás habitaram o litoral brasileiro. As tribos tupinambás falavam o idioma tupi e eram guerreiras.

Esses índios ficaram conhecidos pela prática do canibalismo. Eles acreditavam que o consumo de carne humana trazia mais inteligência e coragem.

Os tupinambás viviam em malocas, uma espécie grande de oca. Cada comunidade tupinambá tinha de 6 a 8 malocas, onde viviam cerca de 200 índios.

Os tupinambás viviam da caça, da coleta, da pesca e da agricultura. Eles se alimentavam de peixes e tubérculos, como a mandioca e a horticultura.

Culturalmente, a divisão de trabalho nas tribos era feita por sexo. Os homens cuidavam da caça e da pesca; e as mulheres faziam o trabalho agrícola, o plantio, a colheita, o preparo dos alimentos e o artesanato.

Os tupinambás tinham muitos instrumentos de guerra, como arcos, flechas, machados e lanças. Esses artefatos eram feitos com madeira e pedra.

A cultura tupinambá incentivava o casamento avuncular, entre tios maternos e sobrinhas, ou entre primos. Os tupinambás praticavam muitos rituais, danças e tradições.

Esses índios foram desaparecendo do território brasileiro graças ao contato com os colonizadores. De acordo com relatos históricos, os Tupinambás foram os primeiros indígenas encontrados por Pedro Álvares Cabral no Brasil em 1500.

No início do período colonial, os Tupinambás ocupavam a faixa costeira do sudeste do Brasil, que ia do rio Juqueriquerê, em São Paulo, até ao Cabo de São Tomé, no Rio de Janeiro. Atualmente, existem cerca de 4 mil índios tupinambás. O maior núcleo dessa tripo fica na Bahia, na aldeia de Sapucaieira, um dos doze núcleos indígenas estabelecidos na região entre Canavieiras e Ilhéus.

Leia também! Assuntos relevantes