A inclusão digital é uma necessidade da sociedade contemporânea, que lida diariamente com as novas tecnologias e com os benefícios e facilidades da comunicação, interação e dos novos conhecimentos que a web traz. Encarada como um grande desafio dos tempos modernos, a inclusão digital ainda está longe de se tornar uma realidade, principalmente nos países pobres e em desenvolvimento.

O conceito de inclusão digital está pautado na necessidade de incluir todas as camadas da sociedade na cultura digital, tornando as novas tecnologias de informação e comunicação acessíveis para todos. Ao colocar a inclusão digital em prática, as nações conseguem democratizar as tecnologias.

Para isso, é necessário investir na educação, incluindo na grade de ensino aulas de informática, programação e novas tecnologias. Estes conhecimentos são importantes para ajudar a promover inclusão e desenvolvimento social.


Inclusão digital no Brasil

O governo brasileiro realiza desde 2005 um projeto de inclusão digital chamado Computador para Todos. A iniciativa visa facilitar o acesso da Classe C a computadores e à internet. Contudo, ainda é necessário percorrer um longo caminho em busca da plena inclusão digital no Brasil.

Os esforços para a promoção da inclusão digital são essenciais dentro de um contexto de sociedade globalizada. Além de garantir acesso às tecnologias, as ações de inclusão também promovem o acesso ao conhecimento.

Democratizar o acesso ao uso das tecnologias de informação e comunicação é um passo fundamental para estimular a cidadania e o desenvolvimento de senso crítico na população.

O que é preciso para promover a inclusão digital?

Para promover a inclusão digital de forma efetiva é preciso que programas governamentais sejam implantados com o objetivo de facilitar o acesso da população a computadores, notebooks e smartphones. Além disso, é necessário ampliar a infraestrutura da rede de internet em todas as regiões do Brasil.

Os projetos e ações desenvolvidos por organizações não governamentais também são importantes para a promoção da inclusão digital, pois ajudam a ampliar o acesso de pessoas de baixa renda às Tecnologias da Informação e Comunicação.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é a necessidade de garantir a acessibilidade de pessoas com deficiência às tecnologias digitais. O primeiro passo é promover o acesso às ferramentas básicas da informação e comunicação.

Apenas com a inclusão digital do maior número possível de pessoas, os países conquistarão mais igualdade e oportunidades de desenvolvimento para todos.

Crédito da Imagem: http://www.institutoanima.org.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/01/inclusaoDigital_Cerejeiras1.jpg

Leia também! Assuntos relevantes