Hepáticas

Por

As hepáticas são plantas que fazem parte do grupo das briófitas. De uma forma geral, são espécies que contam com um formato diferente, que se assemelha ao do fígado humano. No passado, acreditava-se que as hepáticas tinham um poder curativo. Por isso elas receberam esse nome.

Os estudos da biologia mostram que as hepáticas são plantas taloides e folhosas, pertencentes à divisão Marchantiophyta, ou Hepaticophyta. Estima-se que existam mais de 6 mil espécies dessas plantas, e entre elas estão os musgos e os antóceros.

Características e Tipos das Hepáticas


As hepáticas têm gametófitos, autótrofos e esporófitos. A parte reprodutiva da planta é efêmera. Essas espécies são avasculares, e realizam o transporte de nutrientes por difusão. Por essa razão, as plantas hepáticas têm tamanho pequeno.

Hepáticas taloides


Têm estrutura muito fina e rica em clorofila. Crescem em barrancos úmidos por meio da fragmentação reprodutiva.
Riccia – São espécies majoritariamente de superfície. Podem ser uni ou bissexuadas.


Hepáticas Folhosas


Possuem característica foliácea. O grupo concentra mais de 4.000 espécies que habitam locais úmidos, como troncos de árvores. Se parecem com os musgos.


Ricciocarpus – Presentes em solos úmidos. São bissexuados.

Marchantia – Hepáticas que crescem em solos e rochas úmidas. São unissexuadas.

Leia também! Assuntos relevantes