Gritos de Guerra

Por

Os gritos de guerra estiveram sempre ligados à história de nações em conflitos e guerras. Com o tempo, essas frases cantadas ou faladas em uníssono por multidões passaram a fazer parte também de manifestações públicas e reivindicações.

O grito de guerra pode ser composto por uma palavra ou uma frase simples. Essas expressões podem defender causas sociais, ideologias de uma entidade ou interesses da população de um país.

Confira alguns gritos de guerra históricos:

1 - Nobiscum Deus! ("Deus conosco" em Latim) – Grito de guerra dos exércitos do Império Romano

2 - Caelum Denique! ("Finalmente o Céu" em Latim) – Grito de guerra utilizado pelos cruzados na Terra Santa

3 - Portugal e São Jorge! – Grito de guerra usado pelas tropas portuguesas no século XV

4 - Desperta ferro! – Grito de guerra dos Almogávares e dos paraquedistas do Exército Espanhol

5 - ¡ Tierra y Libertad! ("Terra e Liberdade") – Grito de guerra usado pelos revolucionários mexicanos de Emiliano Zapata

6 - Hurra! – Grito de guerra usado pelo Exército Britânico e pelo Exército Russo

7 - Senta a pua! – Grito de guerra do 1º Grupo de Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira. Foi criado durante a Segunda Guerra Mundial

8 - Geronimo! – Grito de guerra das tropas paraquedistas do Exército dos EUA

9 - Que nunca por vencidos se conheçam! – Grito de guerra usado pelos paraquedistas portugueses

10 – "Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor"

11 - "Aqui tem um bando de louco, louco por ti Corinthians, "praquelê" que acha que é pouco, Eu vivo por ti Corinthians. Eu canto até ficar rouco, Eu canto pra te empurrar, vamos, vamos meu Timão, vamos meu Timão, não para de lutar."

12 – Um, dois, três, quatro, cinco, mil, queremos eleger o presidente do Brasil! (Campanha Diretas Já).

Leia também! Assuntos relevantes