Fusos Horários do Brasil

Pelo Brasil ser um país bastante grande, com dimensões continentais, apresenta em seu território mais de um fuso horário. Para falar de forma mais específica, são quatro, de forma que existem quatro regiões no Brasil com horários diferentes das outras. Isso ocorre, principalmente, em decorrência da extensão no sentido leste-oeste. Antigamente, entretanto, quando o Brasil ainda não era tão povoado, a concentração populacional estava, principalmente ao longo da região litorânea, contando, o país, neste momento, com apenas um fuso.

Foi no ano de 1913 que o presidente Hermes da Fonseca assinou o decreto n° 2.784, instituiu os quatro horários para o país, vigorando por algum tempo no Brasil. A região que envolve os estados do Acre e do Amazonas, mais a oeste do Brasil, apresentava um fuso horário de duas horas de diferença quando comparado à capital, Brasília, sendo que essa diferença ia para três horas durante o Horário de Verão. No ano de 2008, entretanto, diante da alegação de que a região teria grandes problemas econômicos, foi sancionada uma lei alterando o fuso local, deixando-o com apenas uma hora de diferença para a capital, integrando, portanto, às demais regiões próximas.

Não houve, para tanto, uma consulta a população local, de forma que no ano de 2010 houve um referendo que consultava a opinião pública com relação à essa questão. Foi votado para que voltasse ao horário antigo, somente executado no ano de 2013. Diante disso, temos, atualmente, mais uma vez, quatro fusos horários diferentes.

Novo fuso horario do Brasil

O primeiro deles encontra-se duas horas atrasado no que se refere ao Meridiano de Greenwich, que é considerado o marco zero para a medição do horário mundial. Neste, entretanto, encontramos apenas algumas ilhas brasileiras, como é o caso de Fernando de Noronha. O segundo, por sua vez, com relação a Greenwich, encontra-se três horas atrasado, e abrange a maior parte do Brasil, inclusive Brasília. Abrange as regiões Nordeste, Sudeste, Sul e parte do Norte e do Centro-oeste. O terceiro, por sua vez, encontra-se 4 horas atrasado com relação à Greenwich, sendo o Norte e o Centro-oeste, em algumas partes, abrangido por este. Por fim, o quarto fuso horário brasileiro está cinco horas atrasado com relação ao horário de Greenwich, abrangendo somente o Acre e uma parte do Amazonas.

Leia também! Assuntos relevantes