Fluxos de exportação de mercadorias agrícolas no mundo

Fluxos de exportação de mercadorias agrícolas no mundo

Por

Nos últimos anos, o Brasil tem se destacado como um dos maiores exportadores de produtos agrícolas do mundo. Já a partir de 2010, o país ultrapassou o Canadá e se tornou o terceiro maior exportador do setor.

Nessa lista, o Brasil também já ultrapassou a Austrália e a China. Hoje, os produtos agrícolas brasileiros são superados no mercado internacional apenas pelos produtos dos Estados Unidos e da União Europeia.

Segundo o Ministério da Agricultura, as exportações de produtos agrícolas do Brasil aumentaram 24% em 2011 na comparação com 2010, atingindo o recorde de US$ 95 bilhões. Em 2012, no entanto, esse número caiu e não alcançou a meta estipulada de US$ 100 bilhões.

O resultado das exportações brasileiras em 2012 foi influenciado pela desvalorização do real ante o dólar.

Atualmente, a Ásia e a União Europeia respondem por 57,8% das exportações de produtos agrícolas do Brasil. O país já ocupa o primeiro lugar no ranking de exportação de açúcar, carne bovina, carne de frango, café, suco de laranja, tabaco e álcool.

Os maiores exportadores de alimentos do mundo continuam sendo os Estados Unidos e a União Europeia. Em 2011, por exemplo, os Estados Unidos exportaram US$ 137,4 bilhões em itens agrícolas, com destaque para grãos, carnes, oleaginosas, nozes, algodão e açúcar.

Já em 2012, o grande destaque da União Europeia foi a Alemanha, que exportou o valor recorde de 70 bilhões de euros, aproximadamente US$ 93,5 bilhões. A Alemanha é o maior exportador de queijos, confeitos e equipamentos agrícolas do mundo.

Apesar dos bons resultados individuais entre os países, o fluxo de exportação de mercadorias agrícolas no mundo em 2012 teve queda em razão do cenário internacional adverso, como a crise econômica que afetou os países da Europa.

Leia também! Assuntos relevantes