Extinção do Permiano

Extinção do Permiano

Por

A extinção do Permiano aconteceu no fim da era Paleozóica, há cerca de 251 milhões de anos. O episódio foi a extinção em massa mais severa que a Terra já viveu.

Aproximadamente 95% de todas as espécies marinhas e 70% de todas as espécies terrestres morreram.

Uma das hipóteses levantadas para explicar esse fato diz que a extinção esteve relacionada com a evolução dos oceanos e com a formação do supercontinente Pangea, que ocasionou o desaparecimento de vários habitats.

No entanto, a teoria mais aceita por cientistas chama-se “Hipótese da arma de clatratos”, que afirma que uma erupção vulcânica gigantesca teria acontecido na Sibéria. Com isso, houve a liberação de enormes quantidades de dióxido de carbono, o que teria acelerado o efeito estufa e aumentado a temperatura da Terra em até 5 graus.

A BBC de Londres produziu um documentário sobre a Extinção do Permiano, ou Extinção Permo-Triássica.

Leia também! Assuntos relevantes