Evolução

Por

A evolução é um processo longo e complexo, que se desenvolve ao longo dos séculos, promovendo mudanças importantes nos seres vivos e colaborando com a sua sobrevivência. Além disso, os processos evolutivos também são capazes de gerar novas espécies.

Na biologia, estuda-se a evolução como um processo fortemente conectado ao passado, ou seja, é preciso conhecer e compreender as formas de vida da antiguidade para, então, compará-las com as formas de vida do presente, detalhando um estudo comparativo. Para isso, são utilizados organismos, fósseis e matéria orgânica encontrada por pesquisadores.

A evolução é avaliada em diferentes grupos ancestrais comuns. Com isso, é possível entender que existem diversas linhas evolutivas para as espécies existentes no planeta.

Quando falamos em evolução, estamos lidando com um processo que promove mudanças biológicas, genéticas ou orgânicas. Na biologia, a maior preocupação dos pesquisadores é estudar as características hereditárias passadas de uma geração para outra ao longo dos anos de evolução.

A ciência já testou e provou as várias evidências que demonstram a evolução como um fenômeno natural entre os seres vivos. Algumas teorias tentam explicar a evolução biológica e as mudanças genéticas que ocorrem nos organismos vivos.

Na prática, a evolução acontece quando diferenças hereditárias começam a se tornar mais rotineiras ou raras entre uma determinada população. Isso pode acontecer por seleção natural ou aleatoriamente.

Pensamento evolucionista e teorias

O pensamento evolucionista já existe desde a época dos grandes filósofos pré-socráticos, mas firmou-se mesmo com Charles Darwin. Neste contexto, a evolução é encarada como um meio da seleção natural, na qual apenas os mais fortes, aptos e adaptados sobrevivem e se reproduzem.

Confira algumas teorias sobre a evolução:

Lamarckismo


Jean-Baptiste Lamarck foi o autor de uma teoria que afirmava que as características das espécies se alteravam com o passar do tempo. Para ele, os órgãos que eram mais utilizados se desenvolviam, e os órgãos que não eram utilizados, atrofiavam. Essa teoria ficou conhecida como Lei do uso e desuso. A teoria foi descartada pela ciência.

Darwinismo


Charles Darwin estudou diversas espécies e constatou que algumas delas evoluíam, principalmente aquelas que apresentavam animais preparados para enfrentar condições adversas, como temperatura, falta de alimento, etc... A teoria da seleção natural diz que apenas os seres adaptados são capazes de sobreviver e passar suas características para seus descendentes.

Neodarwinismo


Toma como base a teoria de Darwin e afirma que a evolução é resultado de diversos fatores, como seleção natural, mutação, efeito da deriva genética, entre outros.

Leia também! Assuntos relevantes