Escalas

A escala de um mapa é elemento que vai definir a sutileza adequada ao mapa. Uma escala pequena vai exigir um nivel de generalização maior, ou seja, seremos forçados abstrair detalhes, deixando somente os elementos mais importantes do mapa; com isso determinados elementos podem ser reduzidos somente a um ponto no mapa.

Em cartografia podemos definir a escala como a relação constante entre as distância lineares medidas sobre o mapa e as distâncias lineares correspondentes, medidas sobre o terreno.

A escala numérica normalmente é expressa por uma fração. Temos um numerador que nos dá a medida no mapa e um denominador que nos dá a medida correspondente no terreno, utilizando sempre a mesma unidade de medida ( centímetros, metros, kilômetros, etc.). Se tivermos um mapa de 1/100 000, o numerador 1 mm (1 milímetro) no mapa está representado 100 000 mm do terreno ( ou seja 100 metros). Se percorrermos 10 mm no mapa estaremos percorrendo 1 kilômetro no terreno mapeado. Um mapa feito com essa escala é dito um mapa de "1 para 100 mil".

Pequena tabela de referência de medidas:
1 kilômetro ( km)-------------1000 metros (m)
1 kilômetro ( km)-------------100.000 centímetros (cm)
1 metro ( m)------------------100 centímetros (100 cm)
1 metro ( m)------------------1000 milímetros ( mm)


Se diminuirmos o denominador por exemplo para 10 000 teríamos um mapa maior e se aumentássemos para 200 000 teríamos um mapa menor ( voce consegue perceber por que?). Calcule á area dos quadrados das figuras abaixo e veja que ao reduzirmos o denominador (aumentarmos a escala) a área coberta do mapa diminui com o quadrado da escala.

Mapa com regioões de diferentes tamanhos sendo representados

Redução de Escala:
Ao reduzirmos um mapa utilizamos uma generalização estrutural, de modo a acentuar as caracteristicas importantes e atenuar as desprezíveis para a finalidade do mapa.

Em um mapa de uma cidade, por exemplo, reunimos as quadras de forma a eliminar as vias menos importantes.


Simplificação de um mapa - uso de simbolos
Ao representarmos um meandro fluvial (uma sinuosidade no curso do rio) limitamos o desenho por um polígono ABC, que ao ser trasnformado (reduzido ou ampliado) resulta em outro poligono semelhante, isto é suas proporções ficam inalteradas.


Fonte: http://mathematikos.psico.ufrgs.br/disciplinas/ufrgs/mat010392k2/ens22k2/xyz/escalas.htm

Leia também! Assuntos relevantes