Endoderme

Por

Ectoderme, mesoderme e endoderme são os nomes dados aos três folhetos germinativos, também chamados de embrionários, encontrados durante o processo de desenvolvimento dos embriões de animais triblásticos.

São considerados animais triblásticos todos aqueles que apresentam os três folhetos germinativos (ectoderma, mesoderma e endoderma). Esses folhetos nada mais são que tecidos embrionários dos quais se originam muitos tecidos e órgãos que formam a estrutura orgânica de um animal adulto.

Todos os animais são triblásticos, com exceção dos poríferos (que não apresentam folhetos germinativos) e dos cnidários (que apresentam apenas dois folhetos, por isso são chamados de diblásticos).

Esses folhetos são responsáveis por dar origem a todos os tecidos constitutivos dos animais adultos, mas é importante frisar que se tratam ainda de estruturas primitivas, que levarão bastante tempo para se desenvolverem plenamente.

Para entender melhor como funcionam a ectoderme, a mesoderme e a endoderme, é preciso compreender o que é um tecido celular.

A estrutura de um organismo multicelular é formada por variados tipos de células, cada uma delas especializada em realizar determinadas funções. As células organizam-se em grupos, de acordo com o tipo de especialização, formando, assim, os tecidos. É como se fosse uma grande colcha de retalhos, onde cada pedacinho corresponde a uma célula.

Alguns tecidos são formados por células que possuem a mesma estrutura (são iguais na forma e na função); porém, outros, são constituídos por células que exercem diferentes funções e possuem formas variadas, mas que juntas possibilitam a realização de uma função geral dentro do organismo.

O estudo desse processo faz parte da embriogênese, nome dado ao período de desenvolvimento do zigoto para formar um novo indivíduo. A embriogênese pode ser dividida em três etapas fundamentais: a segmentação, a gastrulação e a organogênese. É na fase de gastrulação que ocorre a formação dos folhetos germinativos ou embrionários. Blastulação, gastrulação e geurulação são, respectivamente, os processos de formação da blástula, gástrula e nêurula.

Veja, a seguir, as principais características dos três folhetos germinativos:

Ectoderme:

é a camada localizada na parte externa, a partir dela se desenvolvem a epiderme e os seus anexos (pelos, glândulas, entre outros) e o sistema nervoso (cérebro, medula, nervos e gânglios nervosos).

Mesoderme:

é a camada localizada entre a ectoderme e a endoderme, a partir dela se originam a derme (camada mais profunda da pele), o sistema muscular (músculos estriados e músculos lisos), o sistema circulatório (coração, vasos sanguíneos e sangue), o esqueleto (crânio, coluna, vértebras e ossos dos membros anteriores e posteriores), o sistema urogenital (rins, dutos urinários, bexiga, uretra, gônadas e dutos genitais), o epitélio e as glândulas do tubo digestivo.

Endoderme:

é a camada localizada na porção interna, dela se originam o epitélio respiratório (brânquias ou pulmões, conforme a estrutura do animal em questão) e o epitélio de revestimento interno da bexiga (sistema urinário).

Leia também! Assuntos relevantes