Émile Durkeim - Karl Marx - Max Weber - Cultura e Sociedade


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Émile Durkeim - Karl Marx - Max Weber - Cultura e Sociedade

Por Josilene Queiroz Santos

CULTURA E SOCIEDADE
ÉMILE DURKEIM (1858-1917 )

Émile Durkeim, francês, um dos fundadores da sociologia moderna, utilizou métodos científicos para realizar o estudo dos grupos sociais.

Para ele, todos os problemas que atingiam a sociedade seria de natureza moral, ou seja, as desigualdades sociais e econômicas não teriam origem por meio do capitalismo. Era necessário, resgatar a moralidade das relações de trabalho, essa sociologia seria uma espécie de biologia social, com finalidade de estudar a sociedade e como poderia sanar os problemas.

Os fatos sociais possuem três características:
- Coercitivo, que é exterior e que esteja generalizado. Durkeim afirma que os fatos sociais são aqueles que exercem determinada força sobre os indivíduos, obrigando-os a adaptar-se às regras da sociedade em que vivem. Nem sempre utilizava a força física. Interiorização de normas e regras, que são socialmente construídas e que pensamos que são escolhas pessoais.

-Exterioridade dos fatos sociais, os que atuam sobre os indivíduos independentemente de sua vontade ou de sua adesão consciente; as regras sociais, os costumes, as leis, já existem antes do nascimento das pessoas, são elas impostas por mecanismo de coerção social, como a educação.

- Generalidade, os fatos sociais manifestam sua natureza coletiva ou um estado comum ao grupo, como as formas de habitação, de comunicação, os sentimentos e a moral

Segundo Durkeim, à sociedade é comparada a um organismo vivo, é como um corpo humano, onde é composto por diferentes partes, cada qual com suas função específica mas dependendo umas das outras. Todas as partes trabalhariam unidas para a saúde do corpo, que deveria estar integrado, em harmonia, em ordem , para que pudesse haver o desenvolvimento, ou seja, o progresso.

Podendo ficar doente, significa que algum órgão não está funcionando, compromete o funcionamento de todo o corpo. Da mesma forma seria com a sociedade, a esse estado ele chama de doença social ou anomia, em que a sociedade se encontra sem leis e regras,permitindo a ocorrência de inúmeros conflitos de ordem moral, que deveriam ser superados, para que o estado de saúde fosse recuperado.sociedade.

Para Weber, a sociedade é fruto das ações racionais dos indivíduos, que fazem de forma consciente suas escolhas em todo campo de sua vida. Os indivíduos são dotados de capacidade, de racionalidade, o que os capacita a exercer sua vontade próipria. Coloca os indivíduos acima da sociedade, já que são eles que ¨dão vida¨à sociedade, por meio da família, igreja ...

A ação social pode ser também umaa omissão ou uma permissão, isso quer dizer, que é ação social é tudo a Esse contexto, o cientista social tem a responsabilidade de destacar o funcionamento normal da sociedade, identificando os sintomas da doença e indicando tratamento para a sociedade. Para ele, o estado é comparado ao cérebro , onde coordena as funções da sociedade em seu conjunto.

Durkheim era otimista quanto a sociedade capitalista, segundo ele, estimularia a solidariedade. O capitalismo trazia um processo de crescente especialização do trabalho,onde as pessoas eram levadas a especializar-se numa área ou num assunto, ele chamou de solidariedade orgânica, que garante a união social, em lugar dos costumes, das tradições ou das relações sociais estreitas.

A partir dessa mudança, surge outro tipo de solidariedade : - mecânica, em que os indivíduos se identificavam por meio da família, religião, tradição e dos costumes, permanecendo autônomos em relação à divisão do trabalho social e até hoje ainda existe a solidariedade mecânica.

Durkheim frisa a importância da consciência coletiva, independentemente a consciência de cada um, haveria consciência coletiva, garantindo a coesão social, ou seja, a união. Isso se dar por punições estabelecidas pela sociedade.

Durkheim considera a sociedade como um organismo vivo, o indivíduo fora da sociedade seria como um órgão separado do corpo, não teria utilidade alguma. Para ele, o indivíduo só tem valor se estiver ligado à sociedade.




KARL MARX ( 1818 – 1883)
Karl Marx, o seu nome está relacionado como comunistas, radical, socialista, entre outras.

Difere da teoria de Durkheim , pois Marx era vinculados aos trabalhares e participava ativamente da luta proletária.

Para Marx, o conhecimento poderia ser um instrumento na luta dos trabalhadores por mudanças na estrutura econômica capitalista, que era injusta e desigual. Implatou uma nova sociedade, inicialmente socialista e depois comunista.

A preocupação central não era a implatação de uma sociedade comunista. Seria fruto da ação dos trabalhadores.

Investigava e compreendia todos os detalhes da sociedade capitalista e transmitia essas informações aos trabalhadores.

Os proletários e a burguesia se completam pois os trabalhadores vendem sua força de trabalho e os capitalistas possuem os meios de produção. Segundo Marx essa relação ocultaria um conflito, pois essas classes possuiriam interesses opostos, ele chamou esse conflito como ¨luta de classes¨.

A produção das mercadorias é coletiva, isto é, realizada pela maioria da população. Com isso, apropriação das riquezas dessas mercadorias passa a ser privada, ficando apenas com uma pequena parte da população.

Segundo Marx, no capitalismo o trabalhador perde a autonomia do processo produtivo, passa a ser submissos a administradores, principalmente a partir de modernas máquinas , Marx chama de alienação.

Conseqüência da divisão do trabalho, a alienação produz o fetiche da mercadoria, é como se a mercadoria tivesse vida própria. O fetiche ocultaria a principal característica, que é ser fruto do trabalho humano.

Na teoria de Marx predomina o de mais valia, significa que o capitalista não paga ao trabalhador por tudo que ele produz, apenas o suficiente para mantê-lo vivo. Com isso os donos de negócios ficam mais ricos e os trabalhadores cada vez mais pobre.

Muita desigualdade nas negociações entre capitalistas e proletários, por meio de ação política da classe trabalhadora, seria a classe que poderia opor-se ao capitalismo, implantando uma nova sociedade – comunismo.

Os trabalhadores passa a se organizar em sindicatos com objetivo de defender os interesses dos trabalhadores.

Para Marx, o trabalho é fundamental para o homem enquanto ser social. Criou uma educação politécnica , onde incluía a educação física. Com essa educação possibilitaria que o indivíduo tivesse uma leitura ampla e transformadora, um individuo crítico.






MAX WEBER ( 1864-1920)
Weber produz uma sociologia compreensiva, preocupa-se com compreensão das atitudes dos indivíduos na quilo que o individuo faz, orientando-se pela ação dos outros.

Alguns tipos de ação social :
- Ação tradicional é determinada por tradições e costumes;

- Ação afetiva, o individuo age de acordo com suas emoções imediatas, por exemplo, vingança, desespero, entusiasmo... Quando magoa outra pessoa, agiu sem pensar.

- Ação racional com relação a fins, quando é colocado um objetivo a ser atingido e para isso é necessário recorrer aos meios disponíveis;

-Ação racional em relação a valores é determinada pela crença num valor considerado importante.

Weber concebe a sociedade composta por diferentes esferas, a econômica, a religião, política, jurídica, social, cultura – cada uma delas funcionando de maneira autônoma e desligada das demais. O conhecimento será sempre limitado.

Weber se destacou na política, ele identificou três tipos básicos de denominação legítima: - a denominação legal, a obediência se baseia na observação de estatuto , leis, normas; - a denominação tradicional, obediência em virtude da crença na santidade, exemplo, dominação dos pais em relação aos filhos; - a denominação carismática é que se baseia no carisma do líder.

Outra teoria de Weber é a interpretação que ele faz da consolidação do modo capitalista. Em sua investigação, ele identificou que a reforma protestante desenvolveu e favoreceu a acumulação capitalista.

Max Weber preocupava com a crescente burocratização da sociedade capitalista moderna. Foi necessário aumentar regulamentos e normas para serem obedecidas devido o aumento da sociedade. E que essas leis não devem ser definitivas, pode modificar no decorrer da história.


Referências:
- Apostila
- Enciclopédia
- Dicionário Aurélio



Conclusão:
Foi importante a pesquisa, a elaboração desse trabalho, onde descobri o papel de cada um deles para a nossa sociedade.

Durkheim acreditava que os indíviduos são o produto de forças sociais complexas e não podem ser entendidos fora do contexto social em que vivem. Foemulou o termo consciência coletiva para descrever o caráter de uma sociedade particulas. De acordo com Durkheim, esta consciência coletiva difere totalmente das consciências individuais que a formam.

Karl Marx, tranformou radicalmente a sociedade capitalista, dividindo em duas classes: trabalhadores e capitalista. Para Marx, o trabalho é fundamental para o homem enquanto ser social. Lutou a favor dos trabalhadores, onde suregiu os sindicatos e partidos políticos.

Tranformou a educação, criando a educação politécnica, onde incluia a educação fisíca. Com essa educação possibilitaria que o indíviduo tivesse uma leitura ampla e transformaria esse indíviduo critíco.

Max Weber, acreditava que a família, a escola tem responsabilidade de formar os indíviduos, podendo manter a ordem social. Essa é a educação racional, onde prepara o homem para viver em ordem dentro da sociedade. A educação para Weber não está vinculada como formação integral, mas uma educação como treinamento para habilitar o indíviduo a realização de cada tarefa específica.


Texto enviado às 10:39 - 15 de dezembro de 2010
Autor: Josilene Queiroz Santos

Licença: Creative Commons License




Leia também! Assuntos relevantes.

Agricultura no Sudeste do Brasil
A Região Sudeste é a mais rica do país, formada pelos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Apesar de a indústria se...

Agricultura no Centro-Oeste do Brasil
A Região Centro-Oeste do Brasil conta com os Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. Na região, a agricultura é basicame...

Frases da cultura nordestina
A cultura nordestina é muito rica e peculiar. Muitas frases e ditados populares usados com frequência no nordeste do Brasil são desconhecidos para pes...

Produção Cultural e Científica no Mundo Moderno
A construção de um mundo moderno começou depois que os valores da Idade Média foram superados. Nesse contexto, a sociedade europeia, que antes prezava...

Karl Marx
Karl Heinrich Marx foi um filósofo, cientista político e socialista alemão, nascido em 1818. Estudioso das causas sociais, Marx influenciou a política...

A Sociedade Hebraica
A sociedade hebraica se estabeleceu na região da Palestina. O povo hebreu vivia sob um regime monárquico, onde o rei controlava todos os poderes. A so...

A Importância da Camada Superficial de Solos para a Sociedade Brasileira
Talvez não exista no âmbito da Geologia de Engenharia e da Agronomia recomendação técnica mais simples, clara e de tamanha importância para as ativida...

A cultura dos povos de Núbia
Antes de falarmos sobre a cultura dos povos de Núbia, devemos explicar que os núbios eram escravos que viviam na região entre o Egito e a África Subsa...

Karl Marx e o Capitalismo
Filósofo e economista, o judeu-alemão, Karl Marx foi um dos maiores pensadores do século XIX. Marx tinha uma visão otimista dos destinos da humanidade...

Sociedade Indígena
História da América Sociedade Indígena Quando os europeus chegaram na América, encontraram dois tipos de sociedades: primitiva e civilizada. No...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados