Doutor Hipócrates | O Pai da Medicina

Hipócrates foi um médico grego, que viveu entre 460 a.C. e 370 a.C. Ele é considerado até os dias atuais o pai da medicina, por conta de sua contribuição ao desenvolvimento dessa ciência. É uma das pessoas mais relevantes da história da prática médica no mundo.

Hipócrates, ao lado de Sócrates, Demócrito e Aristóteles, é um nome muito importante na história do florescimento intelectual grego. Ele fazia parte de uma família com tradição nos cuidados à saúde. Os membros das gerações desses primeiros médicos eram chamados de asclepíades.

O médico nasceu em uma ilha da Grécia (Ilha de Cós) e viajou pela região promovendo cuidados de saúde para as pessoas.


Vida e trajetória de Doutor Hipócrates

Hipócrates deixou uma obra com várias descrições clínicas para diagnosticar e tratar doenças, como a pneumonia, a malária e a tuberculose. Ele foi um grande estudioso das epidemias e das variações climáticas, e entendia como o clima afetava a saúde. O médico também deixou escritos sobre anatomia, instrumentos de dissecação e práticas médicas.

Hipócrates foi líder da "Escola de Cós". Ele rejeitava qualquer tipo de superstição, poder curativo ou magia usado para o restabelecimento da saúde e acreditava apenas na ciência. Considerado o pai da medicina, Hipócrates foi o mais importante médico da Antiguidade.

Ele foi filho de Heráclides e Fenareta, que eram descendentes de Asclépio, considerado o deus grego da medicina. Hipócrates teria viajado por diversas regiões ensinando as práticas de cura. Em suas lições, o médico grego ressaltava que o profissional de saúde deveria observar cuidadosamente seu paciente e registrar todos os seus sintomas. Com isso, ele introduziu a prática da observação da evolução do quadro de saúde do paciente, utilizada até os dias atuais.

Hipócrates

Na observação dos doentes, Hipócrates analisava os olhos, a pele, o apetite, a temperatura do corpo e os resíduos eliminados pelos pacientes. Ele anotava diariamente as condições de saúde e as mudanças no estado geral das pessoas e, com isso, trabalhava para encontrar a cura. O médico também acreditava que as doenças eram resultado de um desequilíbrio entre o sangue, o estado de espírito, a bílis e a atrabile.

Veja também:
História da Medicina

A ética e a postura de Hipócrates influenciaram o juramento que até hoje os formandos em medicina fazem na graduação, no qual prometem exercer a arte de curar com preceitos de honestidade, caridade e Ciência. Historiadores acreditam que Hipócrates morreu em 377 a.C.

Leia também! Assuntos relevantes