Domingos Olímpio

Domingos Olímpio

Por

Domingos Olímpio Braga Cavalcanti nasceu no dia 18 de setembro de 1851, na cidade de Sobral, no Ceará. Ele foi um advogado, diplomata, jornalista, parlamentar e romancista brasileiro, tendo alcançado em sua trajetória a cadeira de número 8 na Academia Cearense de Letras.

O escritor começou sua carreira como jornalista no Rio de Janeiro. Ele trabalhou para jornais como “O Comércio”, “Jornal do Comércio”, “Correio do Povo”, “Cidade do Rio”, “Gazeta de Notícias” e “O País”.

Em determinada fase de sua vida profissional, Domingos Olímpio também comandou o periódico “Os Annaes”, um semanário que tinha a colaboração de grandes escritores brasileiros. Entre as obras de Domingos Olímpio, destacam-se “O Almirante” e “O Uirapuru”. Ele também escreveu várias peças de teatro.

Domingos Olímpio Braga Cavalcanti teve uma posição de destaque no cargo de promotor público no Pará. Em 1890, ele se mudou para o Rio de Janeiro, onde viveu o resto de sua vida.

Em 1903, o escritor lançou o romance Luzia-Homem, obra que o classificou como um autor realista. O Escritor teve uma morte repentina, de mal súbito, aos 56 anos de idade. Ele faleceu no dia 7 de outubro de 1906, no Rio de Janeiro.

Leia também! Assuntos relevantes