Doenças que mais afetam as gestantes

Doenças que mais afetam as gestantes

Por

Durante a gestação o corpo da mulher se torna ainda mais complexo do que já é naturalmente. Nesta fase da vida, qualquer alteração ou desconforto pode ser um sinal preocupante e, por isso, o pré-natal precisa ser feito de forma rigorosa pela futura mamãe.

Quando o corpo começa a dar sinais de que alguma coisa pode estar errada, a mulher deve redobrar a atenção com os cuidados de saúde. Afinal, a saúde da mãe é a saúde do bebê.

Algumas doenças são comuns durante a gestação e podem afetar um número grande de mulheres. Entre os problemas mais comuns da atualidade, é possível citar a pressão alta, diabetes e o zika vírus.

Acompanhar com o médico os primeiros sintomas, como febre e mal-estar, é a maneira ideal de proteger você e seu filho. É importante lembrar que durante a gravidez o corpo da mulher e seu sistema imunológico passam por alterações, e isso pode facilitar a ocorrência de algumas doenças.

Manter uma boa alimentação, praticar atividades físicas e comparecer a todas as consultas médicas são comportamentos preventivos importantes na gestação.


Confira a seguir as doenças que mais afetam as gestantes:

Zika – O Zika Vírus se tornou uma preocupação constante para as futuras mamães. A doença causa febre baixa, dores nas articulações e manchas vermelhas, e é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Apesar de apresentar sintomas leves, a doença está relacionada à ocorrência de casos de microcefalia em bebês.

Periodontite – Esta doença é uma infecção bacteriana que atinge a parte de baixo da gengiva. Ocorre uma inflamação e a gengiva fica inchada, avermelhada e com sangramento. Pode levar a outras infecções e provocar um parto prematuro.

Pré-eclâmpsia – É considerado um dos piores problemas na gestação. A doença hipertensiva aparece geralmente no terceiro trimestre da gravidez e provoca uma alteração vascular na placenta. O aumento da pressão arterial pode levar ao parto prematuro.

Diabetes gestacional – A doença pode se manifestar a partir da 27ª semana de gestação. Ocorre uma deficiência na produção de insulina que leva ao diabetes gestacional. A doença acomete mulheres com histórico familiar ou que engordam muito durante a gravidez.

Infecções urinárias – As infecções do trato urinário são comuns durante a gravidez, principalmente a cistite e a candidíase. Os sintomas são sensação de ardência, corrimento e coceira. Essas infecções aumentam o risco de aborto e, por isso, precisam ser tratadas de acordo com a indicação médica.

Problemas da Tireoide – A gestação é repleta de alterações hormonais que podem atrapalhar o funcionamento da tireoide. A grávida pode desenvolver hipertireoidismo ou o hipotireoidismo.

Vaginose Bacteriana – Doença caracterizada pela diminuição dos lactobacilos que protegem a vagina e pelo aumento de bactérias nessa região. O principal sintoma é um corrimento. A infecção pode levar à ruptura da bolsa e ao parto prematuro.

Leia também! Assuntos relevantes