Doenças que afetam o olfato

Doenças que afetam o olfato

Por

Algumas doenças podem levar à perda gradativa do olfato, o sentido que nos permite identificar os cheiros. As principais doenças que podem causar a perda do olfato são: Alzheimer, Mal de Parkinson, Câncer, Gripes e Traumatismos.

A maior parte dos casos de perda do olfato acontece por causa de doenças degenerativas, que afetam os neurônios e células nervosas. No caso do Alzheimer, esse sintoma acontece por causa da perda da memória, que acaba afetando também o sentido do olfato de maneira progressiva.

Já o Mal de Parkinson, que afeta a coordenação motora, também pode causar problemas aos neurônios, reduzindo a capacidade dos sentidos. Alguns tipos de câncer também podem levar à anosmia, nome dado à perda do olfato, principalmente quando a doença atinge regiões da face, nariz e cérebro.

A perda do olfato acontece ainda quando as pessoas sofrem traumas muito fortes, como impactos no rosto ou no crânio. Isso acontece por causa dos prejuízos causados às fibras nervosas.

Por fim, as gripes também levam a uma perda momentânea do olfato. A doença causada pelo vírus Influenza facilita o acúmulo de secreções no nariz, fato que atrapalha a respiração, assim como a sinusite e a asma.


Veja também:
Doenças que afetam o tato
Doenças que afetam o paladar


Leves resfriados e alergias também são causas temporárias para problemas de olfato. Vale lembrar que o sentido do olfato está bastante relacionado ao sentido do paladar, pois ele aumenta a capacidade de sentir o sabor dos alimentos. Por isso, pessoas que perdem o olfato também podem ter o paladar prejudicado.

Leia também! Assuntos relevantes