Doenças causadas pelo efeito estufa

Doenças causadas pelo efeito estufa

Por

O efeito estufa atinge diretamente a saúde humana. O aquecimento do planeta Terra pela energia solar tem sofrido uma interferência das atividades humanas por meio da grande emissão de gases poluentes, como o Dióxido de Carbono, por exemplo, que desequilibra a quantidade de energia recebida do Sol e a quantidade de calor refletida pela Terra.

A radiação do Sol é importante para garantir a vida na Terra, mas quando o efeito estufa se torna intenso o calor no planeta aumenta exponencialmente, provocando alterações no clima e diversas doenças aos seres humanos. Quando a entrada de radiação solar no planeta não está em equilíbrio com a saíde de calor, a Terra esquenta acima da média natural e prejudica os seres vivos.

De acordo com os pesquisadores do clima, o aumento consecutivo da temperatura na Terra é capaz de provocar uma alteração climática que afeta diretamente a ocorrência de doenças infecciosas e a proliferação de pestes.

O efeito estufa é responsável pelo aumento da população de mosquitos que transmitem a malária, a dengue e a febre amarela, principalmente em regiões temperadas do planeta. A variação climática, com calor intenso, pode gerar verdadeiras epidemias de dengue, malária, além de surtos de leishmaniose e cólera.

O aquecimento do planeta aumenta o número de vetores de doenças. Segundo uma projeção, publicada na revista médica inglesa "The Lancet", até 2085, cerca de 50% a 60% da população mundial, em torno de 6 bilhões de pessoas, estarão sujeitas ao contágio de dengue.

O efeito estufa também pode causar viroses, problemas cardíacos, e doenças tropicais, como febre amarela, cólera, salmoneloses, leptospirose e infecção por hantavírus.

Leia também! Assuntos relevantes