Ditadura no Brasil


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Ditadura no Brasil

Por Igor

INTRODUÇÃO
O trabalho que será apresentado terá como principal motivos, mostrar como foi a ditadura se ela trouxe benefícios para nosso país.

Por ser de grande ser de grande curiosidade conhecer quais as consequências dessa maneira de governo.

Também com o que foi dito este trabalho terá o objetivo de mostrar os jovens qual a história de seu país, como a corrupção já existia há muito tempo.


DITADURA NO BRASIL

DITADURA MILITAR NO BRASIL

O golpe militar de 1964

O Golpe Militar de 1964 no Brasil, aconteceu exatamente em 31 de março de 1964, o golpe militar interrompeu o governo do presidente João Belchior Marques Goulart, também conhecido como Jango, que havia sido eleito democraticamente, aí começava a ditadura.


Principais consequências:
Os soldados armados de fuzis prendiam milhares de pessoas: dirigentes populares, intelectuais, políticos democratas. A UNE foi proibida e seu prédio, incendiado. A CGT, fechada. Sindicatos invadidos à bala. Nas escolas e universidades, professores e alunos progressistas expulsos. Os jornais foram ocupados por censores e muitos jornalistas postos na cadeia. A ordem era calar a boca de qualquer oposição.

Os políticos que não concordaram com o golpe, geralmente do PTB, tiveram seus mandatos cassados. Ou seja, perderam seus direitos políticos por dez anos. O primeiro cassado inimigo número um do regime, foi Luís Carlos Prestes. O segundo foi o ex-presidente João Goulart. Depois, veio uma lista de milhares de pessoas que foram demitidas de empregos públicos, presas, perseguidas, arruinadas em sua vida particular. Juscelino e Jânio também perderam seus direitos, para que não tentassem nenhuma aventura engraçadinha na política.

Para espionar a vida de todos os cidadãos, foi criado em 1964 o SNI (Serviço Nacional de Informações). Havia agentes secretos do SNI em quase todos os cantos: escolas, redações de jornais, sindicatos, universidades, estações de televisão. Microfones, filmes, ouvidos aguçados. Bastava o agente do SNI apontar um suspeito para ele ser preso. Imagine o clima numa sala de aula, por exemplo.


Modo de governar
O novo governo passou a governar por decreto, o chamado AI (Ato Institucional) O presidente baixava o AI sem consultar ninguém e todos tinham de obedecer. O AI-1 determinava que a eleição para presidente da República seria indireta. Ou seja, com O Congresso Nacional já sem os deputados e senadores incômodos, devidamente cassados, e um único candidato.Em 15 de abril de 1964 era anunciado o primeiro general-presidente, que iria nos governar o Brasil segundo interesses do grande capital estrangeiro nos próximos anos: Humberto de Alencar Castello Branco.

Tranqüilos com a vitória, os generais nem se importaram com as eleições diretas para governador em 1965.Pois eles achavan que o povo brasileiro havia entendido o recado, e ia seguir o regime. Estavam errados.Em Minas Gerais venceram políticos ligados ao ex-presidente Juscelino Kubitschek. Mostra clara de que alguns meses depois do golpe ainda tinha muita gente que não apoiava o regime. Pois bem, os militares reagiram. Alguns dias depois das eleições desastrosas, foi baixado o AI-2, que acabava em definitivo com as eleições diretas para presidente da República. Agora, o presidente seria “eleito” indiretamente, ou seja, só votariam os deputados e senadores. Voto nominal e declarado, ou seja, o deputado era chamado lá na frente para dizer, no microfone, se votava ou não no candidato do regime. Quantos teriam coragem de dizer, na cara dos ditadores, que não aprovavam que o ditador fosse presidente, e caso algum dizer que não poderia ser preso ou até morto.


A economia durante a ditadura
Durante o início da ditadura militar o Brasil vinha passando por mals bucados em sua economia, para ter ideia o Brasil chegou há ter uma divida externa superior aos 90 bilhões de dólares.

No início do Regime Militar a inflação chega a 80% ao ano, o crescimento do Produto Nacional Bruto (PNB) é de apenas 1,6% ao ano e a taxa de investimentos é quase nula. Diante desse quadro, o governo adota uma política recessiva e monetarista, consolidada no Programa de Ação Econômica do Governo (Paeg), elaborado pelos ministros da Fazenda, Roberto de Oliveira Campos e Octávio Gouvêa de Bulhões. Seus objetivos são sanear a economia e baixar a inflação para 10% ao ano, criar condições para que o PNB cresça 6% ao ano, equilibrar o balanço de pagamentos e diminuir as desigualdades regionais. Parte desses objetivos é alcançada. No entanto, em 1983, a inflação ultrapassa os 200% e a dívida externa supera os US$ 90 bilhões.
http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/ditadura-militar/economia-na-ditadura-militar.php

Antônio Delfim Netto, ministro da Fazenda, aposta nas exportações para obter parte das divisas necessárias às importações de máquinas, equipamentos e matérias-primas. O crescimento do mercado mundial, na época, favorece essa estratégia, mas é a política de incentivos governamentais aos exportadores que garante seu sucesso. Para estimular a indústria, Delfim Netto expande o sistema de crédito ao consumidor e garante à classe média o acesso aos bens de consumo duráveis, a partir daí o Brasil começa a se recuperar na economia.



A vida mulher.
Durante os tempos de ditadura militar, ainda existia muito o machismo, esse pensamento não saia da cabeça dos homens, foi pelo inicio da ditadura que as mulheres começaram a lutar pelos seus direitos, mas mesmo assim quando elas iam trabalhar sofriam muito preconceito pois tinham uma carga horária maior e ganhavam menos do que os homens, mas talvez durante a ditadura as mulheres tiveram uma grande invenção a moda e o estilo.


Moda e estilo.
Nos meados da ditadura as mulheres começaram a ter vaidade, se preocupar com sua aparência e apos elas até mesmo os homens começaram a ter vaidade:


CONCLUSÃO
Através deste trabalho pude concluir que o nosso país foi injustiçado através da ditadura militar, pois ela só permitia que houvesse uma opinião que se contradizia a ela era preso, torturado e às vezes até morto.

A economia do país não era boa e foi se recuperando graças a Antonio Delfim o ministro da fazenda.

E o lado bom da ditadura, foi a mulher que ficou mais presente na sociedade e criou a moda a beleza.



BIBLIOGRAFIA
http://www.bussolaescolar.com.br/

http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/ditadura-militar/economia-na-ditadura-militar.php

http://www.culturabrasil.pro.br/ditadura.htm



Leia também:
Ditadura Militar no Brasil
Planos Econômicos do Brasil Pós-ditadura


Texto enviado às 16:10 - 13/09/2010
Autor: Igor

Licença: Creative Commons License






[ Pesquisa escolar lida 41974 Vezes - Categoria: História ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Mineração no Brasil
A mineração sempre fez parte do contexto básico da economia do Brasil. Desde os tempos do Brasil colônia, a mineração foi também responsável por parte...
Lido: 1486 Vezes

Governo FHC: estabilidade econômica no Brasil
Fernando Henrique Cardoso é sociólogo renomado internacionalmente e foi presidente do Brasil por dois mandatos consecutivos: de 1995 a 1998 e de 1999 ...
Lido: 12264 Vezes

Mercado de Commodities no Brasil
As commodities são definidas como as principais mercadorias produzidas e exportadas por um país. As principais commodities existentes são os minérios ...
Lido: 4570 Vezes

Limites Territoriais do Brasil
Os primeiros tratados referentes ao Novo Mundo foram a bula Intercoetera de 1493, realizada pelo papa Alexandre VI e o Tratado de Tordesilhas (1494) q...
Lido: 28778 Vezes

Desnutrição Infantil no Brasil
O Brasil sofreu durante vários anos com a desnutrição infantil extrema que atingia, principalmente, as regiões nordeste e norte do país. Essa realidad...
Lido: 7925 Vezes

Reforma Política Brasileira
Senado e Câmara dos Deputados divergem sobre os pontos da Reforma Política apresentada pela presidente Dilma Rousseff. Em meio às manifestações pop...
Lido: 2217 Vezes

O problema do desperdício de água no Brasil
Os brasileiros ainda não têm consciência sobre o problema do desperdício de água que o Brasil vive hoje. Um estudo encomendado pelo International Fina...
Lido: 3690 Vezes

Conheça todas as Constituições Brasileiras
A Constituição é um conjunto de leis, normas e regras que regem um país. Isso estabelece os poderes e direitos de um governo diante de seus cidadãos. ...
Lido: 12189 Vezes

Tribunal Superior Eleitoral do Brasil
O TSE – ou Tribunal Superior Eleitoral, é a máxima instância jurídica da Justiça Eleitoral brasileira. O tribunal tem jurisdição nacional e comanda os...
Lido: 2817 Vezes

IDH no Brasil e no Mundo
O IDH é o Índice de Desenvolvimento Humano. Essa é uma medida que compara o crescimento humano de um país e os separa entre países desenvolvidos, em d...
Lido: 7216 Vezes

Estudantes Online | Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Sendo um veículo de comunicação, não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2014 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados