Dígrafo

Por

Grupo de duas letras, representando um só fonema. São dígrafos em língua portuguesa: lh, nh, ch, rr, ss, qu (+e ou i), gu (+e ou i), sc, sç, xc, além das vogais nasais (V+m ou n - chamados dígrafos vocálicos)

Os encontros gu e qu ,se forem usados com trema ou acento, não serão dígrafos, uma vez que o u será pronunciado. (quilo ≠ tranqüilo, enxágüe, averigúe)

Observações
- letra diacrítica - segunda letra do dígrafo e não é fonema (membro - 1º m é fonema; o segundo, letra diacrítica). Letra h no início de palavra não é fonema nem forma dígrafo e classifica-se como letra etimológica.
- o trema é usado nos grupos qu e gu (antes de E ou I), quando esse u, átono, soa. Dessa maneira, o trema é responsável por desfazer o dígrafo, uma vez que o u é pronunciado e, portanto, fonema.