Diferenças entre o paralelismo sintático e o paralelismo semântico

No português, o paralelismo cria uma sequência com estrutura idêntica. Dois elementos importantes na língua escrita são o Paralelismo Sintático e o Paralelismo Semântico. Eles conferem clareza, sentido e precisão aos textos, quando utilizados corretamente.

O paralelismo sintático está relacionado ao uso de elementos de natureza gramatical semelhante. Já o paralelismo semântico prevê o uso de ideias comparáveis.


O paralelismo pode ser representado por pares correlativos, como:
Quanto mais... tanto mais

Exemplo: quanto mais se dedicava ao esporte, mais conquistava sucesso.

Não só... mas também

Exemplo:
Não só desenha, mas também costura as roupas.

Tanto... quanto

Exemplo:
Uma política honesta é boa, tanto para o povo quanto para o país.


Algumas organizações paralelísticas podem quebrar a expectativa do leitor. No caso do paralelismo semântico, a frase “adoro Facebook e coelhos” pode causar uma estranheza no leitor, já que une dois elementos que não têm a menor relação. Já no campo sintático, a construção está correta.

Na interpretação de um texto, é mais fácil verificar a falta de paralelismo semântico do que a ausência do paralelismo sintático.


Veja uma frase com a quebra do paralelismo sintático: “tanto meus pais e os meus irmãos”. Pela lógica, o leitor esperaria que a frase fosse apresentada da seguinte forma: “tanto meus pais quanto meus irmãos”. Isso acontece porque as estruturas correlativas são responsáveis pela continuação de uma frase. E, neste caso, a estrutura foi interrompida.


Exemplo de Paralelismo Sintático:

O pai pediu ao filho para ir ao supermercado e que, no retorno, passasse na padaria.

Forma sugerida: O pai pediu ao filho que fosse ao supermercado e que, no retorno, passasse na padaria.


Exemplo de Paralelismo Semântico:

O presidente brasileiro negocia novas propostas comerciais com os Estados Unidos.

Forma sugerida: O presidente brasileiro negocia novas propostas comerciais com o presidente americano.

É preciso empregar os elementos corretamente para criar frases com mais sentido e para facilitar a interpretação dos receptores.

Leia também! Assuntos relevantes