Czar Nicolau II

Por

O Czar Nicolau II nasceu no Palácio de Catarina, em Tsarskoye Selo, região de São Petersburgo, no dia 18 de maio de 1868. Ele foi o último imperador da Rússia, e também foi consagrado como rei da Polônia e grão-príncipe da Finlândia.

Conhecido como São Nicolau, o Portador da Paixão, o Czar Nicolau II foi um ícone da Igreja Ortodoxa Russa. Ele era filho de Alexandre III, e assumiu o governou da Rússia depois da morte de seu pai, em 1 de novembro de 1894.

O governo do Czar Nicolau II durou até sua abdicação em 15 de março de 1917. Ele só deixou sua posição para colocar seu herdeiro direto no comando, passando o trono para seu irmão, o grão-príncipe Miguel Alexandrovich Romanov.

O reinado de Nicolau II foi marcado por problemas econômicos e militares na Rússia. Seu governo deu origem aos primeiros conflitos que levaram o mundo à Primeira Guerra Mundial. O imperador renunciou ao cargo no período da Revolução Russa de 1917.

Depois de abdicar ao trono, Nicolau II foi detido por militares em Pskov. O czar e sua família foram aprisionados no Palácio de Alexandre, em Tsarskoye Selo. Em seguida, eles foram levados para a Casa do Governador, em Tobolsk, e finalmente para a Casa Ipatiev, em Ecaterimburgo.

O Czar Nicolau II, sua mulher, seu filho, suas quatro filhas e alguns funcionários do imperador foram executados por bolcheviques na madrugada do dia 17 de julho de 1918. A morte do imperador teria sido ordenada por Lenin e Yakov Sverdlov. A trágica morte da família do Czar Nicolau II fez com que todos os assassinados na ocasião fossem canonizados como neomártires pela Igreja Ortodoxa Russa.

Leia também! Assuntos relevantes